A AMÉRICA LATINA COMO DESTINO DOS IMIGRANTES: BRASIL E ARGENTINA (1870-1930)

  • André Luiz Lanza Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo;Programa Interunidades em Integração da América Latina, Universidade de São Paulo
  • Maria Lucia Lamounier Programa Interunidades em Integração da América Latina, Universidade de São Paulo
Palavras-chave: América do Sul, Relações Internacionais, Migração.

Resumo

O presente artigo analisa comparativamente a imigração para o Brasil e Argentina entre 1870 e 1930, apresentando dados sobre o fluxo migratório e motivações que levaram os estrangeiros a escolherem os dois países como destino.Para a confecção do trabalho colhemos dados de censos,relatórios ministeriais e anuários estatísticos além da bibliografia pertinente. Os imigrantes representavam a solução para a falta de braços para as lavouras e o agente modernizador das sociedades; os fluxos migratórios estavam relacionados com o desempenho econômico dos dois países. No Brasil a imigração subsidiada teve grande importância; na Argentina prevaleceu a imigração espontânea. 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2015-06-09
Como Citar
Lanza, A. L., & Lamounier, M. L. (2015). A AMÉRICA LATINA COMO DESTINO DOS IMIGRANTES: BRASIL E ARGENTINA (1870-1930). Cadernos PROLAM/USP, 14(26), 90-107. https://doi.org/10.11606/issn.1676-6288.prolam.2015.102283
Seção
Artigos