ENTRE ARIEL E CALIBÃ: RICHARD MORSE E A DEFINIÇÃO DO “OBJETO AMÉRICA LATINA”

Autores

  • Rodrigo Medina Zagni Departamento de Relações Internacionais, Universidade Federal de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1676-6288.prolam.2015.102284

Palavras-chave:

América Latina, Relações Internacionais, Cultura Latino-americana.

Resumo

Richard Morse, um dos mais importantes estudiosos norte-americanos da História do Brasil, teve na obra O Espelho de Próspero sua mais importante e polêmica argumentação já publicada e cujos interlocutores foram, essencialmente, historiadores brasileiros. Nosso objetivo, é o de mapear, por meio de revisão bibliográfica, a discussão historiográfica que se deu a partir do impacto da publicação da obra no Brasil, revelando distintas e significativas visões sobre as relações entre a América Latina e os Estados Unidos, e entre ambos e a Europa; contribuindo assim com este denso e complexo campo de estudos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-06-09

Como Citar

Zagni, R. M. (2015). ENTRE ARIEL E CALIBÃ: RICHARD MORSE E A DEFINIÇÃO DO “OBJETO AMÉRICA LATINA”. Brazilian Journal of Latin American Studies, 14(26), 42-62. https://doi.org/10.11606/issn.1676-6288.prolam.2015.102284

Edição

Seção

Artigos