IIRSA, Cosiplan e a atuação brasileira na consolidação da integração de infraestrutura na América do Sul

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1676-6288.prolam.2020.170379

Palavras-chave:

Subimperialismo, Liderança Regional, América do Sul, Infraestrutura, IIRSA

Resumo

No presente artigo visamos discutir a atuação brasileira nos projetos da IIRSA e do Cosiplan, considerando as diferentes interpretações acerca do papel que o Brasil desempenhou neste processo. Inicialmente, são desenvolvidos os conceitos de subimperialismo, liderança regional e potência regional e, a partir desta discussão teórica-conceitual, o artigo explora a formação e evolução da IIRSA e do Cosiplan apresentando a atuação brasileira em ambos. Através desta revisão bibliográfica, combinada com a análise dos dados do investimento realizado nas iniciativas de integração de infraestrutura no mesmo período, buscamos testar a hipótese segundo a qual a participação brasileira na integração de infraestrutura sul-americana, durante os governos de Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, se deu sob uma lógica subimperialista. Conclui-se que a tese do subimperialismo brasileiro não se sustenta através da revisão bibliográfica e dos dados de investimentos, os quais demonstram que o Brasil buscou liderar o processo de integração na região em uma ação coerente com os seus interesses geopolíticos, visando melhorar sua inserção internacional através da cooperação e da consolidação da integração do bloco regional sul-americano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jéssica Maria Grassi, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais (PPGRI) na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Bolsista CAPES. E-mail: jessica.grassi@posgrad.ufsc.br.

Ana Karolina Morais Silva, Universidade Federal da Integração Latino-Americana

Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Integração Contemporânea da América Latina da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA) e Bolsista de Demanda Social (DS/UNILA). Bacharela em Relações Internacionais e Integração pela UNILA. E-mail: ana.morais@aluno.unila.edu.br

 

Lucas Kerr de Oliveira, Universidade Federal da Integração Latino-Americana

Professor do Programa de Pós-graduação em Integração Contemporânea da América Latina (PPG-ICAL), da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA). Doutor em Ciência Política pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). E-mail: lucas.oliveira@unila.edu.br.

Referências

AMORIM, Celso L. A integração sul-americana. Revista Diplomacia, Estratégia, Política. Brasília, n. 10, p. 9-21, out-dez.2009. Disponível em: <http://www.funag.gov.br/ipri/images/pdf/Revista_DEP10_Portugues.pdf>. Acesso em: 28 mai.2020.

AMORIM, Celso L. A Grande Estratégia do Brasil: discursos, artigos e entrevista da gestão no Ministério da Defesa (2011-2014). Antonio Jorge Ramalho da Rocha et al (ed.). Brasília: FUNAG, 2016. Disponível em: <http://funag.gov.br/biblioteca/download/1145-A-Grande-Estrategia-do-Brasil_FINAL_25_04.pdf>. Acesso em: 30 mai.2020.

ANDRADE, Carolina Borges. Subimperialismo brasileiro na perspectiva da integração da infraestrutura regional sul-americana. Monografia (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Florianópolis, 2015. Disponível em <https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/134829>. Acesso em 06 ago. 2020.

ARRIGHI, Giovanni. O longo século XX: dinheiro, poder e as origens do nosso tempo. Rio de Janeiro: Contraponto, 2006.

BID. Conheça o BID. Banco Interamericano de Desenvolvimento, 06 ago. 2020. Disponível em: <https://www.iadb.org/pt/sobre-o-bid/visao-geral>. Acesso em: 06 ago. 2020.

BRAGA, Jorge Luiz Raposo. O BNDES e o projeto de integração regional: internacionalização de empresas brasileiras no jogo político da América do Sul. Encuentro de Geógrafos de América Latina. Lima, Peru, 2013, p. 1-21.

CAF. Quem somos. Banco de Desenvolvimento da América Latina, 06 ago. 2020. Disponível em: <https://www.caf.com/pt/sobre-a-caf/quem-somos/>. Acesso em: 06 ago. 2020.

CARVALHO, Patrícia Nasser de; GONÇALVES, Fernanda Cristina Nanci Izidro. O Brasil como potência regional: uma análise da sua liderança na América do Sul no início do século XXI. Carta Internacional. Belo Horizonte, v. 11, n. 3, p. 222-248, 2016. Disponível em: <https://doi.org/10.21530/ci.v11n3.2016.570>. Acesso em: 07 ago. 2020.

CASTRO, Edna. Expansão da fronteira, megaprojetos de infraestrutura e integração sul-americana. Caderno CRH. Salvador, v. 25, n. 64, p. 45-61, jan./abr., 2012. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/S0103-49792012000100004>. Acesso em: 28 mai. 2020.

CECEÑA, Ana Esther. Os caminhos e os agentes do saqueio da América Latina. In: Empresas Transnacionais brasileiras na América Latina: um debate necessário. São Paulo: Editora Expressão Popular, 2009, p. 205-218.

CERVO, Amado Luiz. Inserção internacional: formação de conceitos brasileiros. Saraiva, São Paulo, 2008.

COMUNICADO DE BRASÍLIA. Reunião de Presidentes da América do Sul. Iniciativa para a Integração da Infraestrutura Regional Sul-Americana. Brasília, DF, 01 set. 2000. Disponível em: <https://www.oei.es/historico/oeivirt/cimeira1.htm>. Acesso em: 31 mai. 2020.

COSIPLAN. Cartera de Proyectos 2016. Venezuela, dez.2016. Disponível em: <http://www.iirsa.org/admin_iirsa_web/Uploads/Documents/Cartera%202016_web.pdf>. Acesso em: 06 ago. 2020.

COSTA, Darc A. (Org.). América do Sul: integração e infraestrutura, um estudo sobre temas e projetos essenciais para a integração regional, como energia e transportes. Rio de Janeiro: CapaxDei, 2011.

COSTA, Wanderley Messias. Geografia política e geopolítica: discursos sobre o território e o poder. 2.ed, São Paulo: Editora USP, 2008

FIORI, José Luís. O sistema mundial, no início do século XXI. In: FIORI, José Luis; SERRANO, Franklin; MEDEIROS, Carlos. O mito do colapso americano. Rio de Janeiro: Editora Record, 2008.

FIORI, José Luís. Brasil e América do Sul: o desafio da inserção internacional soberana. Textos para Discussão CEPAL-IPEA, 42. CEPAL. Escritório no Brasil/IPEA. Brasília, DF, 2011.

FLEMES, Daniel; SARAIVA, Miriam Gomes. Potências emergentes na ordem de redes: o caso do Brasil. Revista Brasileira de Política Internacional. Brasília, v. 57, n. 2, jul./dez. 2014. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.1590/0034-7329201400312>. Acesso em: 05 ago. 2020.

FONPLATA. Missão e visão. Fundo Financeiro para Desenvolvimento da Bacia do Prata, 06 ago. 2020. Disponível em: <https://www.fonplata.org/pt/institucional/missao-e-visao>. Acesso em: 06 ago. 2020.

FONTES, Virgínia. O imperialismo brasileiro. In: Empresas Transnacionais brasileiras na América Latina: um debate necessário. São Paulo: Editora Expressão Popular, 2009, p. 219- 245.

GRASSI, Jéssica Maria. Geopolítica de Brasil e Argentina: percepções sobre a América do Sul e as relações bilaterais. Revista Neiba – Cadernos Brasil-Argentina. v. 8, n. 1, p. 1-25, 2019a. Disponível em: <https://doi.org/10.12957/neiba.2019.47837>. Acesso em: 27 mai. 2020.

GRASSI, Jéssica Maria. Parceria Estratégica entre Brasil e Argentina: cooperação nuclear e integração sul-americana no século XXI. Dissertação (Mestrado em Integração Contemporânea da América Latina) - Universidade Federal da Integração Latino-Americana, UNILA, Foz do Iguaçu, 2019b. Disponível em: <http://dspace.unila.edu.br/123456789/4916>. Acesso em: 27 mai. 2020.

GRATIUS, Susanne. Brasil en las Américas: ¿Una potencia regional pacificadora?. Fundación para las Relaciones Internacionales y el Diálogo Exterior (FRIDE). Documento de Trabajo 35, abril, Madrid, 2007.

GUIMARÃES, Samuel Pinheiro. O mundo multipolar e a integração sul-americana. Temas & Matizes, Cascavel, 2008, n. 14, p. 58-72. Disponível em: <http://e-revista.unioeste.br/index.php/temasematizes/article/view/2484>. Acesso em: 06 ago. 2020.

HONÓRIO, Karen Santos. O significado da iniciativa para a integração da infraestrutura regional sul-americana (IIRSA) no regionalismo sul-americano (2000-2012): um estudo sobre a iniciativa e a participação do Brasil. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - UNESP/UNICAMP/PUC-SP, São Paulo, 2013. <http://hdl.handle.net/11449/128074>. Acesso em: 27 mai. 2020.

JAEGER, Bruna Coelho. A integração infraestrutural sul-americana: impactos sobre a estratégia e a geopolítica regional. Monografia (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Porto Alegre, 2014. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10183/116365>. Acesso em: 27 mai. 2020.

JAEGER, Bruna Coelho. Debatendo o conceito de “Subimperialismo” à época da ditadura civil-militar (1964-1985) e do Governo Lula da Silva (2003-2010). Mediações - Revista de Ciências Sociais, Dossiê Interpretações do Brasil Contemporâneo, v. 23, n. 2, mai./ago., 2018. Disponível em: <10.5433/2176-6665.2018.2v23n2p224>. Acesso em: 05 ago. 2020.

KERR OLIVEIRA, Lucas et al. Análise de estruturas geopolíticas e de tendências de aumento da competição interestatal internacional: contribuições para a prospecção de cenários de ameaças à Soberania Brasileira sobre o Pré‑Sal. Revista Brasileira de Estudos de Defesa, v. 3, nº 2, p. 139-176, jul./dez. 2016. Disponível em <https://doi.org/10.26792/rbed.v3n2.2016.72306>. Acesso em: 31 mai. 2020.

KERR OLIVEIRA, Lucas; MARQUES, Teresa Cristina Schneider. A Infraestrutura da Integração Regional e a Integração Brasil-Uruguai. In: MALLMANN, Maria Izabel, MARQUES, Teresa Cristina Schneider (Orgs.). Fronteiras e relações Brasil-Uruguai.. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2015, p. 109-126.

LÊNIN, Vladimir. O imperialismo, fase superior do capitalismo. Lisboa-Moscou: Editorial Progresso, 1916.

LIMA, Maria Regina Soares. Relações interamericanas: a nova agenda sul-americana e o Brasil. Lua Nova. São Paulo, n. 90, p. 167-201, 2013. Disponível em: <https://www.scielo.br/pdf/ln/n90/a07n90.pdf>. Acesso em: 27 mai. 2020.

LIMA, Rafael Teixeira. A integração regional em infraestrutura da IIRSA e os capitais do BNDES nos governos Lula da Silva (2003-2010): Subimperialismo do neodesenvolvimentismo brasileiro? Dissertação (Mestrado em Integração Contemporânea da América Latina), Universidade Federal da Integração Latino-Americana, UNILA, Foz do Iguaçu, 2018. Disponível em: <http://dspace.unila.edu.br/123456789/3641>. Acesso em: 06 ago. 2020.

LUCE, Mathias Seibel. O subimperialismo brasileiro revisitado: a política de integração regional do governo Lula (2003-2007). Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Porto Alegre, 2007. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10183/14394>. Acesso em: 27 mai. 2020.

MARINI, Ruy Mauro. Subdesarrollo y revolución. Siglo XXI Editores, 5 ed., México, 1974.

MARINI, Ruy Mauro. La acumulación capitalista mundial y el subimperialismo. Cuadernos Políticos. México, n. 12, abr./jun., 1977. Disponível em: <http://www.olafinanciera.unam.mx/new_web/10/pdfs/Marini-Clasicos-OlaFin-10.pdf>. Acesso em: 26 mai. 2020.

MEARSHEIMER, John. A Tragédia da Política das Grandes Potências. Lisboa: Gradiva, 2007.

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO. Sobre o PAC. Disponível em: < http://pac.gov.br/sobre-o-pac >. Acesso em 30 set.2020.

MONIZ BANDEIRA, Luiz Alberto. O Brasil como potência regional e a importância estratégica da América do Sul na sua política exterior. Temas & Matizes, Dossiê: Mercosul: Lutas Populares e Projetos Sociais, v. 7, n. 14, p. 09-32, jul./dez. 2008. Disponível em: <http://e-revista.unioeste.br/index.php/temasematizes/article/view/2477>. Acesso em: 29 mai. 2020.

MORAIS SILVA, Ana Karolina; KERR OLIVEIRA, Lucas. Desenvolvimento, soberania e geopolítica: o papel da integração de infraestrutura energética na América do Sul. Revista Brasileira de Iniciação Científica, v. 6, p. 65-82, 2019. Disponível em: <https://periodicos.itp.ifsp.edu.br/index.php/IC/article/view/1540>. Acesso em: 31 mai. 2020.

NOLTE, Detlef. How to compare regional powers: analytical concepts and research topics. Review of International Studies. Cambridge, v. 36, p. 881-901, 2010. Disponível em: <https://www.giga-hamburg.de/sites/default/files/publications/how_to_compare.pdf>. Acesso em: 27 mai. 2020.

NYE Jr., Joseph. Cooperação e conflito nas Relações Internacionais. São Paulo: Editora Gente, 2009.

PADULA, Raphael. Integração regional de infraestrutura e comércio na América do Sul nos anos 2000: uma análise político-estratégica. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Rio de Janeiro, 2010. Disponível em: <http://objdig.ufrj.br/60/teses/coppe_d/RaphaelPadula.pdf>. Acesso em: 29 mai. 2020.

PAZ, Gabrielle Santos. Integração da América do Sul: o BNDES como agente da política regional do governo Lula. Anais do 1º Seminário Internacional de Ciência Política: Estado e Democracia em mudança no século XXI. UFRGS, Porto Alegre, 09-11 set.2015. Disponível em: <https://www.ufrgs.br/sicp/wp-content/uploads/2015/09/PAZ-2015-Integra%C3%A7%C3%A3o-da-Am%C3%A9rica-do-Sul.pdf>. Acesso em: 29 mai. 2020.

PECEQUILO, Cristina Soreanu. As relações Brasil-Estados Unidos. Belo Horizonte: Fino Traço, 2011.

SARAIVA, Miriam Gomes. Encontros e Desencontros: o lugar da Argentina na política externa brasileira. Belo Horizonte: Fino Traço, 2012.

SEABRA, Raphael. L. Do dependentismo à teoria marxista da dependência: uma síntese crítica desta transição. Revista Sociedade e Estado, v. 34, n. 1, jan./abr., 2019. Disponível em: <https://www.scielo.br/pdf/se/v34n1/0102-6992-se-34-01-261.pdf>. Acesso em: 06 ago. 2020.

SENHORAS, Elói Martins. Regionalismo transnacional e integração física: um estudo sobre a iniciativa de integração da infraestrutura sul-americana. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual de Campinas, Unicamp, Campinas, 2008. Disponível em: <http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287269>. Acesso em 07 mai. 2020.

SENNES, Ricardo. Brasil na América do Sul: internacionalização da economia, acordos seletivos e estratégia hub-and-spokes. IPEA. Revista Tempo do Mundo. Rio de Janeiro, v. 2, n. 3, dez., 2010. Disponível em: <http://www.ipea.gov.br/revistas/index.php/rtm/article/view/115>.

SPEKTOR, Matias. Ideias de ativismo regional: a transformação das leituras brasileiras da região. Revista Brasileira de Política Internacional. Brasília, v. 53, n.1, p. 25-44, 2010. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/S0034-73292010000100002>. Acesso em: 27 mai. 2020.

VISENTINI, Paulo G. Fagundes. O Brasil, o Mercosul e a integração na América do Sul. p. 93–129. In: Wiesebron, M.; Griffiths, M. (Orgs.). Processos de Integração regional e cooperação intercontinental desde 1989. Porto Alegre: Editora UFRGS, 2008.

WEXELL SEVERO, Luciano. Integração econômica e desenvolvimento da América do Sul: o Brasil e a desconstrução das assimetrias regionais. Tese (Doutorado em Economia Política Internacional) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Rio de Janeiro, 2015.

Downloads

Publicado

2020-12-30

Como Citar

Grassi, J. M., Silva, A. K. M. ., & Oliveira, L. K. de . (2020). IIRSA, Cosiplan e a atuação brasileira na consolidação da integração de infraestrutura na América do Sul. Brazilian Journal of Latin American Studies, 19(38), 151-187. https://doi.org/10.11606/issn.1676-6288.prolam.2020.170379

Edição

Seção

Artigos