A IMPORTÂNCIA DA INTEGRAÇÃO REGIONAL E A QUESTÃO DAS DESIGUALDADES DO PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO

Autores

  • Frederico Jayme Katz Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas.
  • Abraham Benzaquen Sicsú Fundação Joaquim Nabuco;Universidade Federal de Pernambuco.
  • Juliana de Albuquerque Katz

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1676-6288.prolam.2009.82342

Palavras-chave:

América do Sul, Política econômica Integração Econômica.

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo debater a consolidação de Blocos Econômicos,
especificamente do MERCOSUL. Neste contexto, propõe-se a abertura de nova frente de
discussão baseada na hipótese de o Brasil romper amarras do subdesenvolvimento. Explora-se
inicialmente o tema de modelos alternativos de desenvolvimento, sob a ótica das Relações Econômicas
Internacionais, nomeadamente, os Modelos cognominados Voltado para fora e Voltado
para dentro. Em seguida, procura-se explicitar formas de Relações Econômicas Internacionais
em seus efeitos sobre o Desenvolvimento, principalmente o chamado “livre-comércio” e a Integração
Regional a um bloco econômico. Conclui-se que a integração regional é a opção mais indicada para os periféricos. Observa-se então que as possibilidades de desenvolvimento do capitalismo em país periférico são analisadas na literatura, com raras exceções, tomando como fundamentação a Teoria da Dependência e supondo que as economias periféricas constituem, em relação aos aspectos relevantes, um conjunto homogêneo. Discorda-se de aspecto dessa visão e ressalta-se a possibilidade de casos isolados de ruptura, podendo um país como o Brasil superar a condição de subdesenvolvido. Chama-se a atenção da importância da estruturação de
modelo de integração regional para travessia deste tipo. Para tal, ressaltam-se as potencialidades e, mais especificamente, as condições e obstáculos para a consolidação do Mercosul.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-12-01

Como Citar

Katz, F. J., Sicsú, A. B., & Katz, J. de A. (2009). A IMPORTÂNCIA DA INTEGRAÇÃO REGIONAL E A QUESTÃO DAS DESIGUALDADES DO PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO. Brazilian Journal of Latin American Studies, 8(15), 90-112. https://doi.org/10.11606/issn.1676-6288.prolam.2009.82342

Edição

Seção

Artigos