VENEZUELA: QUAL DEMOCRACIA

Autores

  • Adriana Suzart de Pádua Observatório de Política Externa Brasileira
  • Suzeley Kalil Mathias Observatório Cone Sul de Política Exterior.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1676-6288.prolam.2010.82435

Palavras-chave:

América do Sul, Redemocratização.

Resumo

Neste texto, apresentam-se dados objetivando avaliar o processo de construção da
democracia no seio da Revolução Bolivariana, proposta pelo mandatário venezuelano, Hugo
Chávez. Para tanto, analisou-se as Constituições de 1961 e 1999 daquele Estado, a fim de
constatar rupturas e continuidades que se revelassem e quais inovações existiam nessa
proposta. Pôde-se concluir que, embora a nova proposta bolivariana apresente maior
preocupação com os aspectos sociais e seja mais inclusiva, ainda apresenta traços
centralizadores e autoritários, dando ênfase ao setor castrense e modificando as relações
civil-militares daquele país, retomando uma prática marcante nas ditaduras latino-
-americanas das décadas de 60 e 70.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-12-01

Como Citar

Pádua, A. S. de, & Mathias, S. K. (2010). VENEZUELA: QUAL DEMOCRACIA. Brazilian Journal of Latin American Studies, 9(17), 69-88. https://doi.org/10.11606/issn.1676-6288.prolam.2010.82435

Edição

Seção

Artigos