POLÍTICAS PÚBLICAS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL E LIBERDADE DE EXPRESSÃO: OS CASOS DA ARGENTINA, BOLÍVIA, EQUADOR E VENEZUELA

Autores

  • André Augusto Salvador Bezerra Programa Interunidades em Integração da América Latina. Universidade de São Paulo.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1676-6288.prolam.2012.82496

Palavras-chave:

América Latina, Relações Internacionais.

Resumo

A implementação de políticas públicas de comunicação social em países da América
Latina neste início de século tem sido objeto de intensos debates acerca de suas implicações para
a liberdade de expressão. Em tal contexto, o presente trabalho analisa as medidas executadas
sobre empresas midiáticas pelos governos da Argentina, Bolívia, Equador e Venezuela. Procura
sustentar que as atuações governamentais destes países configuram casos de cumprimento do
dever de promover efetividade ao direito à palavra contra os oligopólios da mídia empresarial
privada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-06-01

Como Citar

Bezerra, A. A. S. (2012). POLÍTICAS PÚBLICAS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL E LIBERDADE DE EXPRESSÃO: OS CASOS DA ARGENTINA, BOLÍVIA, EQUADOR E VENEZUELA. Brazilian Journal of Latin American Studies, 11(20), 130-140. https://doi.org/10.11606/issn.1676-6288.prolam.2012.82496

Edição

Seção

Artigos