OS ITINERÁRIOS DO MERCOSUL CULTURAL: DILEMAS PARA A TERRITORIALIZAÇÃO DAS MISSÕES JESUÍTICAS-GUARANIS

Autores

  • Rodrigo Ramos Hospodar Felippe Valverde Departamento de Geografia. Universidade de São Paulo.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1676-6288.prolam.2012.82501

Palavras-chave:

América Latina, Cultura Latino-americana.

Resumo

Os itinerários culturais Jesuíticos-Guaranis são as primeiras políticas culturais do
MERCOSUL que foram projetadas e aprovadas para ganhar dimensão territorial e gestão
conjunta nos próximas anos. Se os documentos e portarias do MERCOSUL são enfáticos
em sugerir que a identificação desses itinerários deve ser pensada como uma estratégia de
desenvolvimento local, inclusive econômico, a territorialização dessas decisões ainda se mostra
difícil. Os conflitos materiais e simbólicos dessa área de fronteira ainda fragmentam os possíveis
efeitos integradores das políticas patrimoniais e das indústrias culturais. Este artigo sugere uma
revisão dos documentos que promovem a integração cultural do MERCOSUL, assim como as
cartas e declarações de agentes econômicos e sociais que expõem as dificuldades de territorialização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-12-01

Como Citar

Valverde, R. R. H. F. (2012). OS ITINERÁRIOS DO MERCOSUL CULTURAL: DILEMAS PARA A TERRITORIALIZAÇÃO DAS MISSÕES JESUÍTICAS-GUARANIS. Brazilian Journal of Latin American Studies, 11(21), 09-20. https://doi.org/10.11606/issn.1676-6288.prolam.2012.82501

Edição

Seção

Artigos