A AMÉRICA DIVIDIDA ENTRE GABRIEL SOARES DE SOUSA E CORNELIUS DE PAUW

Autores

  • Luiz Antônio Lindo Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas; Programa Interunidades em Integração da América Latina. Universidade de São Paulo.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1676-6288.prolam.2012.82503

Palavras-chave:

América Latina, Pensamento Político Latino-americano.

Resumo

O presente artigo traz uma reflexão sobre a visão antagônica do futuro da América
pelos cronistas Gabriel Soares de Sousa e Cornelius de Pauw, considerando-se aspectos como:
a influência da natureza sobre o homem, o meio como empecilho ao desenvolvimento máximo
esperado do continente latino-americano e quanto à questão do atraso no desenvolvimento da
América Latina foi, por séculos, associada a limitações naturais que o clima e a consequente
índole humana resultante desse clima trariam. Uma possível solução para elevar a América a um
novo patamar moral e superar as vicissitudes do meio, podendo evoluir política e socialmente,
seria a existência de um governante que tivesse entranhados o espírito selvagem e o elevado
caráter humano, como deveria ser o Príncipe, de Maquiavel.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-12-01

Como Citar

Lindo, L. A. (2012). A AMÉRICA DIVIDIDA ENTRE GABRIEL SOARES DE SOUSA E CORNELIUS DE PAUW. Brazilian Journal of Latin American Studies, 11(21), 35-44. https://doi.org/10.11606/issn.1676-6288.prolam.2012.82503

Edição

Seção

Artigos