LA ACCIÓN COLECTIVA PARA FRENAR EL DETERIORO FORESTAL DE MONTE ALTO, VALLE DE BRAVO, MÉXICO

Autores

  • María de Lourdes Cárcamo Solís Departamento de Estudios Multidisciplinarios de la Sede Yuriria. Universidad de Guanajuato.
  • Arminda Ruiz González Tecnológico de Monterrey.
  • María Mercedes León Sánchez Departamento de Arte y Empresa. Universidad de Guanajuato.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1676-6288.prolam.2013.82520

Palavras-chave:

América Latina, Política social.

Resumo

Esta pesquisa demonstra a importância da ação coletiva ambientalista na definição de uma política pública. Pode se observar como a raiz da crise florestal em Monte Alto Valle de Bravo, a sociedade civil da região (Biocenosis, A. C.; “Los Intocables”, A. C.; El Fondo Valle de Bravo Solidaridad, A. C.; o Patronato ProValle de Bravo, A. C.; e o Promotor Ambientalista Leopoldo Valdez Cruz) começou a pressionar por meio de ações coletivas que levaram o governo estadual e municipal a tomar medidas na região. Desta forma, se expressa uma vez que a cidadania adotou uma nova maneira de representação que se manifesta nos bens coletivos na falta de ações públicas no México. Este trabalho responde à pergunta da pesquisa: “até que ponto a ação coletiva em Valle de Bravo foi uma clara manifestação da ausência de uma política ambientalista que permita um desenvolvimento sustentável na região?” Os objetivos desta pesquisa se centraram nas características das ações coletivas na
região e a proposta florestal em Monte Alto, Valle de Bravo, México, surgida destas ações. A metodologia foi pesquisa-participativa mediante sondagem por redes, conhecida como “bola de neve “, que consistiu em assistir as diversas assembleias participativas e a realização de enquetes sobre a avaliação das diferentes organizações sobre a crise ambiental e suas soluções. Esta pesquisa comprovou a relevância da ação coletiva em Valle de Bravo, para mudar os esquemas de exploração do meio ambiente; no entanto, observa-se que na região existem múltiplas expectativas econômicas na exploração privada da madeira que se contrapõem aos interesses comunitários e estes interesses questionam as ações dos governos locais ambivalentes na região.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2013-06-01

Como Citar

Cárcamo Solís, M. de L., Ruiz González, A., & León Sánchez, M. M. (2013). LA ACCIÓN COLECTIVA PARA FRENAR EL DETERIORO FORESTAL DE MONTE ALTO, VALLE DE BRAVO, MÉXICO. Brazilian Journal of Latin American Studies, 12(22), 104-128. https://doi.org/10.11606/issn.1676-6288.prolam.2013.82520

Edição

Seção

Artigos