O lugar e o papel da Psicologia Ambiental no estudo das questões humano-ambientais, segundo grupos de pesquisa brasileiros

  • José Queiroz Pinheiro Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Palavras-chave: Psicologia ambiental, Objeto, Grupos de pesquisa, Teses

Resumo

Neste artigo, o autor responde às perguntas norteadoras baseado no banco de dados do Diretório Nacional de Grupos de Pesquisa do CNPq e no Banco de Teses da CAPES. Coloca-se inicialmente a partir de sua experiência profissional e como coordenador da REPALA, apresentando algumas características positivas da área e algumas das dificuldades enfrentadas. A partir da análise dos dados levantados discute, entre outros tópicos, a relação entre a psicologia e a Psicologia Ambiental, apontando a presença de várias psicologias ambientais. Apresenta sugestões para um desenvolvimento harmonioso e produtivo da área.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2005-01-01
Como Citar
Pinheiro, J. (2005). O lugar e o papel da Psicologia Ambiental no estudo das questões humano-ambientais, segundo grupos de pesquisa brasileiros. Psicologia USP, 16(1-2), 103-113. https://doi.org/10.1590/S0103-65642005000100011