Cuidados paliativos: o desafio das equipes de saúde

Autores

  • Fernanda de Carvalho Braga Universidade de Brasília
  • Elizabeth Queiroz Universidade de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0103-65642013000300004

Resumo

O avanço tecnológico possibilitou tanto a redução da morte quanto o prolongamento da vida. Essa última traz consigo a necessidade de se pensar em como cuidar de pessoas fora de perspectiva de cura, especialmente porque tal cuidado inclui aspectos psicossociais, com implicações tanto para as relações entre os profissionais quanto com o paciente e sua família. Este estudo teve como objetivo buscar na literatura nacional artigos sobre equipes de saúde que oferecem cuidados paliativos. Realizou-se uma revisão de produção em periódicos nacionais com os descritores cuidados paliativos, equipe de saúde e neonatologia. Foram identificados 62 trabalhos, porém somente 11 atenderam ao critério de relacionar pelo menos dois descritores. Nenhum artigo relacionou as três palavras-chaves. O baixo número de publicações evidencia a necessidade de mais pesquisas nessa área, pois proporcionar qualidade de vida desde o diagnóstico da doença até o momento do óbito representa grande estresse para os profissionais de saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-12-01

Como Citar

Braga, F. de C., & Queiroz, E. (2013). Cuidados paliativos: o desafio das equipes de saúde . Psicologia USP, 24(3), 413-429. https://doi.org/10.1590/S0103-65642013000300004

Edição

Seção

Artigos Originais