[1]
N. Cidade e S. Zornig, “Polifonias em análise: os processos de simbolização primária”, Psicol. USP, vol. 30, p. e180178, nov. 2019.