[1]
de Godoi, E.P. 2014. Mobilidades, encantamentos e pertença: o mundo ainda está rogando, porque ainda não acabou. Revista de Antropologia. 57, 2 (dez. 2014), 143-170. DOI:https://doi.org/10.11606/2179-0892.ra.2014.89111.