[1]
E. Schaden, “Aculturação de alemães e japoneses no Brasil”, Rev. antropol., vol. 4, nº 1, p. 41-46, jun. 1956.