[1]
T. de Queiróz Júnior, “A nova Constituição e a situação do negro brasileiro”, Rev. antropol., vol. 33, p. 187-189, dez. 1990.