[1]
C. C. do A. Mello, “O empresário, a ong, os marisqueiros, a criança: um estudo de caso sobre a variação de sentidos de um manguezal em disputa”, Rev. antropol., vol. 59, nº 2, p. 59-85, out. 2016.