O ensino de “inovação” na administração, ciências contábeis, turismo e tecnologia em gestão: um estudo exploratório em instituições de ensino superior brasileiras

Autores

  • Raquel da Silva Pereira Universidade Municipal de São Caetano do Sul
  • Ivaldo Donizeti Franco Universidade Municipal de São Caetano do Sul
  • Luiz Carlos Barnabé de Almeida Universidade Municipal de São Caetano do Sul
  • Isabel Cristina dos Santos Universidade Municipal de São Caetano do Sul

Palavras-chave:

Inovação, Administração, Ensino Superior, Conhecimento

Resumo

A literatura contemporânea na área de administração de negócios enfatiza a importância do ensino da inovação aos futuros profissionais das ciências gerenciais, visando capacitá-los para, também, gerir a mudança tecnológica. O objetivo desta pesquisa é examinar a oferta de disciplina relacionada à inovação, pelas Instituições de Ensino Superior, na área de Administração, Contábeis e Turismo, na graduação e nos cursos tecnológicos de Gestão, recomendadas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Para tanto, foi desenvolvida uma pesquisa exploratória, com delineamento documental. A amostra que compõe esta pesquisa foi obtida a partir da análise das instiuições que oferecem disciplina cujo título contenha o terno “Inovação”. A partir desta amostra foram examinadas as ementas e respectivas bibliografias, obtidas nos websites das instituições de ensino. Foram realizadas buscas no banco de dados do e-MEC. Para efeito de fundamentação teórica esta pesquisa está baseada na Teoria do Crescimento Endógeno e no conceito schumpeteriano de desenvolvimento econômico baseado na inovação. Assim, dadas às bases teóricas de referência e a análise dos conteúdos descritos nas matrizes curriculares examinadas, pode-se observar um distanciamento entre a emergência do debate da inovação nos cursos que visam formar os profissionais nas atividades de administração, contabilidade e turismo, em nível de graduação e nos cursos tecnológicos de gestão e suas respectivas grades programáticas. De acordo com o resultado da amostra estudada, é possível inferir que, nos citados cursos, não haja ênfase no ensino da inovação, o que induz à conclusão da existência de uma lacuna no aprendizado da gestão de empresas cujo foco de negócio seja a inovação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Raquel da Silva Pereira, Universidade Municipal de São Caetano do Sul

Doutora em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC/SP Professora da Universidade Municipal de São Caetano do Sul – USCS

Ivaldo Donizeti Franco, Universidade Municipal de São Caetano do Sul

Mestrando em Administração na Universidade Municipal de São Caetano do Sul - USCS Professor da Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo – FATEC

Luiz Carlos Barnabé de Almeida, Universidade Municipal de São Caetano do Sul

Mestrando em Administração na Universidade Municipal de São Caetano do Sul – USCS Professor da Universidade Nove de Julho – UNINOVE

Isabel Cristina dos Santos, Universidade Municipal de São Caetano do Sul

Doutora em Engenharia da Produção pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo – EPUSP Professora da Universidade Municipal de São Caetano do Sul – USCS

Downloads

Publicado

2012-12-23

Como Citar

Pereira, R. da S., Franco, I. D., Almeida, L. C. B. de, & Santos, I. C. dos. (2012). O ensino de “inovação” na administração, ciências contábeis, turismo e tecnologia em gestão: um estudo exploratório em instituições de ensino superior brasileiras. INMR - Innovation & Management Review, 9(4), 221-244. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/rai/article/view/79296

Edição

Seção

Artigos