Ecos da economia política nos prefácios do Fazendeiro do Brasil (1798-1806)

  • Dannylo de Azevedo Universidade de São Paulo
Palavras-chave: O Fazendeiro do Brasil, frei Mariano Veloso, economia rural, economia política

Resumo

O presente artigo é o resultado de nossa participação no simpósio Império e Colonização: Sociedade, Economia e Administração, evento dedicado à história colonial do Brasil realizado na Universidade de São Paulo em novembro de 2016. Seu objetivo é apontar de forma sucinta a presença de questões ou temas relacionados à disciplina da economia política nos livros da coleção O Fazendeiro do Brasil (1798-1806), cuja organização coube ao frei Mariano Veloso (1742-1812). O tema, que compreende um dos aspectos de nossa pesquisa de mestrado sobre a referida obra, visa elucidar quais foram as questões econômicas que se materializaram em tais publicações, como, por exemplo, o debate sobre as origens da riqueza na sociedade ou o papel do Estado no governo da vida econômica em finais do século XVIII.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dannylo de Azevedo, Universidade de São Paulo

Mestrando em História pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP)

Publicado
2019-04-18
Como Citar
Azevedo, D. (2019). Ecos da economia política nos prefácios do Fazendeiro do Brasil (1798-1806). Angelus Novus, 13(13), 169-189. https://doi.org/10.11606/issn.2179-5487.v13i13p169-189
Seção
Dossiê temático: Império e Colonização