Consideraciones teórico-metodológicas para el abordaje de la paternidad desde una perspectiva historiográfica

Autores

  • Leonor Cecilia Pinto Universidade Federal de Juiz de Fora

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-5487.v0i15p53-82

Palavras-chave:

Paternidade, Masculinidade, Legislação, Gênero

Resumo

Este artigo apresenta algumas considerações teóricas para abordar a paternidade na historiografia. Esta tarefa é assumida desde a pergunta: ¿O que é a paternidade? Realiza-se uma aproximação aos assuntos metodológicos, oferecendo grande importância à legislação como fonte, a partir da idéia de que a paternidade é uma instituição e como tal se institui pelas leis. A legislação é reconhecida como artefato cultural e literário, produto de lutas num campo de poder.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leonor Cecilia Pinto, Universidade Federal de Juiz de Fora

Doutoranda em História pela Universidade Federal de Juiz de Fora

Downloads

Publicado

2019-12-20

Como Citar

Pinto, L. C. (2019). Consideraciones teórico-metodológicas para el abordaje de la paternidad desde una perspectiva historiográfica. Revista Angelus Novus, (15), 53-82. https://doi.org/10.11606/issn.2179-5487.v0i15p53-82

Edição

Seção

Artigos