Efeito da fototerapia com diodos emissores de luz sobre a modulação autonômica em atletas de futebol

Autores

  • Ricardo Santos Oliveira University of Exeter. College of Life and Environmental Sciences
  • Solange de Paula Ramos Universidade Estadual de Londrina. Centro de Educação Física e Esporte
  • Ivan Frederico Lupiano Dias Universidade Estadual de Londrina. Centro de Educação Física e Esporte
  • Dari Oliveira Filho Universidade Estadual de Londrina. Centro de Educação Física e Esporte
  • Fábio Yuzo Nakamura Universidade Estadual de Londrina. Centro de Educação Física e Esporte

DOI:

https://doi.org/10.11606/1807-5509201700010005

Palavras-chave:

Recuperação, Estresse, Carga interna.

Resumo

O objetivo do estudo foi verifi car o efeito da fototerapia com diodos emissores de luz (LED fototerapia) durante uma semana de treinamento sobre a modulação parassimpática e estresse percebido em atletas de futebol. Fizeram parte da amostra 18 atletas (Idade: 21,2 ± 2,6 anos; Peso: 73 ± 7,2 kg; Estatura: 178,0 ± 6,2 cm.). Pré e após uma semana de pré-temporada foram realizadas coletas da frequência cardíaca de repouso e a avaliação subjetiva de estresse e recuperação foi obtida por meio do “daily analysis of life demands for athletes” (DALDA). Os atletas foram aleatorizados em dois grupos, com nove atletas cada, grupo LED fototerapia (LED) e grupo placebo (PLA). O tratamento foi aplicado nos membros inferiores nos músculos do quadríceps e bíceps femoral todos os dias após a última sessão de treinamento. A aplicação foi realizada de maneira “duplo cego”. ANCOVA de medidas repetidas foi utilizada para verifi car o efeito do tratamento sobre modulação autonômica. O treinamento realizado por ambos os grupos foi o mesmo tanto em duração quanto intensidade. Da mesma forma, não houve diferença entre os grupos nos parâmetros de carga interna. Foi observado efeito da semana nos parâmetros média dos intervalos RR (Rrmédio - LED: pré = 1033,4 ± 150,7 ms pós = 1056,7 ± 114,8 ms; PLA: pré = 962 ± 150,8 ms pós = 1016,8 ± 173,5 ms), desvio padrão dos intervalos RR normais (SDNN - LED: pré = 101 ± 37,3 ms pós = 92,3 ± 27,5 ms; PLA: pré = 97,5 ± 34,9 ms pós = 108,7 ± 16,4 ms), e razão baixa e alta frequência (LF/HF - LED: pré = 1,7 ± 0,7 pós = 1,4 ± 0,6; PLA: pré = 3,7 ± 3,4 pós = 3,4 ± 2,1) para ambos os grupos. Além disso, houve pequenas alterações nas fontes (pré = 1 ± 1; pós = 0 ± 1) e sintomas (‘melhor que normal’ pré = 5 ± 1; pós = 4 ± 4; ‘normal’ pré = 19 ± 7; pós = 21 ± 3) do DALDA para o grupo LED. A LED fototerapia não apresentou efeito sobre a modulação autonômica, mas proporcionou pequenas alterações nas fontes e sintomas de estresse.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2017-12-19

Como Citar

Oliveira, R. S., Ramos, S. de P., Dias, I. F. L., Oliveira Filho, D., & Nakamura, F. Y. (2017). Efeito da fototerapia com diodos emissores de luz sobre a modulação autonômica em atletas de futebol. Revista Brasileira De Educação Física E Esporte, 31(1), 5-14. https://doi.org/10.11606/1807-5509201700010005

Edição

Seção

naodefinida