Efeito da bandagem elástica na ativação muscular e torque isométrico dos extensores do joelho em indivíduos com osteoartrite

Autores

  • Nathália Lobato Pimentel Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Campus de Marília, Marília, Brasil
  • Bruna Carvalho Cardoso Faculdade de Medicina de Marília, Marília, SP, Brasil
  • Natane Ceccatto Bellei Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Campus de Marília, Marília, Brasil
  • Danielle Miyuki Nishimoto Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Campus de Marília, Marília, Brasil
  • Marcelo Tavella Navega Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Campus de Marília, Marília, Brasil
  • Deborah Hebling Spinoso Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Campus Rio Claro, Rio Claro, SP, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.11606/1807-5509201800030319

Palavras-chave:

Eletromiografia, Fisioterapia, Força muscular, Articulações

Resumo

A osteoartrite é uma doença articular crônica, caracterizada por uma degeneração progressiva da cartilagem articular, que resulta em incapacidade funcional. Entre as articulações acometidas, o joelho é a mais afetada devido à sobrecarga mecânica imposta a essa articulação nas atividades diárias. A osteoartrite de joelho é considerada uma das formas clínicas mais incapacitantes da doença. O objetivo deste estudo foi verificar o efeito da bandagem elástica (BE) na ativação muscular do quadríceps e no torque isométrico dos extensores de joelho em indivíduos com Osteoartrite de Joelho. Participaram do estudo 13 voluntárias (64,5 ± 7,2 anos) do sexo feminino, com diagnóstico radiológico de osteoartrite de joelho. Os procedimentos de coleta de dados foram realizados em três dias, com intervalo de sete dias entre eles. As voluntárias foram avaliadas em três diferentes condições: sem BE, BE placebo e BE ativação. Foram realizadas as avaliações do torque isométrico extensor do joelho e ativação eletromiográfica dos músculos reto femoral, vasto medial e vasto lateral por meio da eletromiografia de superfície. Para análise estatística foi adotado o teste ANOVA Medidas Repetidas, considerando nível de significância de p < 0,05. Os resultados mostraram que não houve diferença significativa para comparação da ativação muscular e torque entre as condições analisadas (p = 0,556). Conclui-se que a BE não foi capaz de promover uma alteração no recrutamento muscular e torque isométrico de quadríceps em indivíduos com osteoartrite de joelho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-09-10

Como Citar

Pimentel, N. L., Cardoso, B. C., Bellei, N. C., Nishimoto, D. M., Navega, M. T., & Spinoso, D. H. (2018). Efeito da bandagem elástica na ativação muscular e torque isométrico dos extensores do joelho em indivíduos com osteoartrite. Revista Brasileira De Educação Física E Esporte, 32(3), 319-328. https://doi.org/10.11606/1807-5509201800030319

Edição

Seção

Artigos