Adaptação e propriedades psicométricas da escala da paixão para docentes

Autores

  • Maria Eloiza Fiorese Prates Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Departamento de Educação Física, Campo Mourão, PR, Brasil
  • Lenamar Fiorese Vieira Universidade Estadual de Maringá. Departamento de Educação Física, Maringá, PR, Brasil
  • Ieda Parra Barbosa Rinaldi Universidade Estadual de Maringá. Departamento de Educação Física, Maringá, PR, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-4690.v33i2p227-240

Palavras-chave:

Validação, Paixão, Professor, Ensino

Resumo

Este artigo realiza o processo de adaptação e análise das propriedades psicométricas da versão portuguesa do instrumento Scale of Passion de Vallerand et al.1, para docentes do contexto paranaense, obtida a partir do método de tradução cross-cultural, com base na Teoria do Modelo Dualista da Paixão. Dividindo-se em três fases: (1) adaptação transcultural e validade de conteúdo (N = 27); (2) confiabilidade e validade de
constructo (N = 441); (3) fidedignidade (N = 87) aplicada a docentes de ensino médio e superior de diferentes áreas que lecionam nas regiões norte central e centro ocidental do estado do Paraná. Concluímos que a sua versão com 14 itens mostrou ser uma medida com qualidades psicométricas, indicando ser aplicável aos docentes do contexto paranaense, como um instrumento de avaliação da paixão pela atividade docente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-05-29

Como Citar

Prates, M. E. F., Vieira, L. F., & Rinaldi, I. P. B. (2019). Adaptação e propriedades psicométricas da escala da paixão para docentes. Revista Brasileira De Educação Física E Esporte, 33(2), 227-240. https://doi.org/10.11606/issn.1981-4690.v33i2p227-240

Edição

Seção

Artigos