Coordenação do nado borboleta e estágio maturacional de jovens nadadores

Autores

  • Joanna de Souza Tosta Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brasil
  • Aline Ribeiro Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brasil
  • Ricardo Peterson Silveira Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brasil; Universidade de Verona. Faculdade de Ciências do Exercício e do Esporte, Verona, Itália
  • Marcos Franken Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brasil
  • Renato Barroso Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Educação Física, Campinas, SP, Brasil
  • Daniel Leite Portella Universidade Municipal de São Caetano do Sul. Faculdade de Educação Física, São Caetano do Sul, SP, Brasil
  • Augusto Carvalho Barbosa Meazure Ciências do Esporte, São Paulo, SP, Brasil
  • Flávio Antônio de Souza Castro Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.11606/1807-5509201900030479

Palavras-chave:

Biomecânica, Parâmetros Coordenativos, Natação, Maturação Sexual

Resumo

O objetivo deste estudo foi comparar a coordenação do nado borboleta de jovens nadadores em diferentes estágios maturacionais. Vinte e um nadadores entre 10 e 12 anos de idade divididos em dois grupos, de acordo com o estágio de maturação biológica em que se encontravam (EM2 - n=11 e EM3 - n=10) foram avaliados durante 25 m no nado  borboleta em máxima intensidade. Os indicadores de coordenação entre as ações de braços e pernas, e o desempenho foram obtidos por meio de videogrametria e cronometragem, respectivamente. Resultados: Nadadores do grupo EM3 apresentaram melhores indicadores de coordenação e maior duração relativa das fases propulsivas da pernada. Os resultados apresentados indicam que jovens nadadores deveriam receber especial atenção com relação a indicadores coordenativos do nado borboleta, visando, especificamente, o sincronismo propulsivo entre o início da fase de empurrada da braçada e o início da fase descendente da segunda pernada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-06-01

Como Citar

Tosta, J. de S., Ribeiro, A., Silveira, R. P., Franken, M., Barroso, R., Portella, D. L., Barbosa, A. C., & Castro, F. A. de S. (2019). Coordenação do nado borboleta e estágio maturacional de jovens nadadores. Revista Brasileira De Educação Física E Esporte, 33(3), 479-485. https://doi.org/10.11606/1807-5509201900030479

Edição

Seção

Artigos