Recursos financeiros, materiais e humanos para o desenvolvimento de atletas olímpicos brasileiros de saltos ornamentais

  • Márcia Cristina Custódio Ferreira Instituto Federal Goiano
  • Luiz Carlos Couto de Albuquerque Moraes Universidade Federal de Minas Gerais
  • Cleiton Pereira Reis Universidade Federal de Minas Gerais
  • Varley Teoldo Costa Universidade Federal de Minas Gerais
Palavras-chave: Educação Física e Treinamento, Esportes Aquáticos, Infraestrutura, Esporte de Elevado Rendimento

Resumo

O objetivo do estudo foi analisar os recursos financeiros, materiais e humanos, através da percepção dos treinadores de saltos ornamentais, para o desenvolvimento de atletas olímpicos brasileiros. A amostra foi composta por seis treinadores de saltos ornamentais, com média de idade de 49,5 ± 14,1 anos, que já treinaram atletas olímpicos no país. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com os treinadores. O conteúdo das entrevistas foi transcrito literalmente, e depois analisado através de miniunidades (MUs). As MUs foram organizadas em três categorias. Tanto o conteúdo das entrevistas quanto a categorização das MUs passaram pelo crivo de experts. Quanto aos recursos financeiros, os treinadores relataram que possuem baixos salários e uma elevada jornada de trabalho. Três entrevistados ressaltaram a falta ou precariedade dos recursos materiais. A maior parte dos treinadores não possui uma equipe multidisciplinar para desenvolver os atletas, sendo a carência de recursos humanos o fator que mais atrapalha a atividade laboral desses profissionais. Conclui-se que os saltos ornamentais no Brasil apresentam uma estrutura deficitária referente aos recursos financeiros, materiais e humanos para o desenvolvimento de atletas olímpicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-06-21
Como Citar
Ferreira, M., Moraes, L. C., Reis, C., & Costa, V. (2020). Recursos financeiros, materiais e humanos para o desenvolvimento de atletas olímpicos brasileiros de saltos ornamentais. Revista Brasileira De Educação Física E Esporte, 34(2), 271-281. https://doi.org/10.11606/issn.1981-4690.v34i2p271-281
Seção
Artigos