[1]
I. C. Alves, “Efeito dos diferentes intervalos de recuperação na percepção subjetiva de homens e mulheres”, Rev Bras Educ Fís Esporte, vol. 31, nº 4, p. 759-766, dez. 2017.