Conhecimento e Reinvenção Digital da Cidadania – Emancipação Social e Trabalho Criativo na “Cidade do Conhecimento”

  • Gilson Schwartz Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Palavras-chave: Cidades Inteligentes. Iconomia. Desenvolvimento Local. Internet das Coisas. Empreendedorismo Inovador

Resumo

A iconomia é uma economia política dos ícones. É urgente a compreensão ampla do significado tecnológico, icônico e econômico da cidadania digital contemporânea, assim como seus impactos nas dimensões complementares da afetividade, da narrativa e do trabalho. A partir dessa compreensão iconômica torna-se possível desenhar a centralidade das políticas públicas que se determinam e avaliam cada vez mais sobre suportes e plataformas digitais com ampla expectativa da sociedade de participar desses processos. A visão da iconomia e das políticas de desenvolvimento humano com oportunidades em larga escala associadas à economia criativa e audiovisual, digital e global resultou de 14 anos de projetos de pesquisa, curadoria, consultoria, extensão cultural e formação continuada realizados pelo grupo de pesquisa Cidade do Conhecimento. Esse ensaio consolida três dimensões desse processo cujo mote mais amplo é a reinvenção digital da cidadania por meios criativos: a conceitualização da iconomia e sua dimensão capitalista global; a revisão histórica sumária da trajetória experiencial da Cidade do Conhecimento, desde seu início no Instituto de Estudos Avançados da USP até sua convergência recente em plataforma de incubação de projetos, redes e curadorias culminando no amadurecimento mais recente, teórico e prático, da Cidade para uma forma emergente de ecossistema criativo cujas linhas mestras tanto conceituais quanto tecnológicas e políticas são apontadas na conclusão, onde reafirmamos os potenciais de integração transdisciplinar e emancipação social abertas pela pesquisa, pela extensão e pela incubação de projetos em rede voltada à economia criativa, audiovisual e digital

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gilson Schwartz, Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
economista, sociólogo e jornalista, professor livre-docente do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão da Escola de Comunicações e Artes (ECA-USP) e do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar Humanidades, Direitos e Outras Legitimidades da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH-USP). Pesquisador associado ao Núcleo de Política e Gestão Tecnológica (PGT) da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA-USP) e membro do conselho do Núcleo de Pesquisa em Tecnologia da Arquitetura e Urbanismo (NUTAU- -FAU-USP). Curador, desde 2015, do Portal da Juventude da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo
Publicado
2016-03-21
Como Citar
Schwartz, G. (2016). Conhecimento e Reinvenção Digital da Cidadania – Emancipação Social e Trabalho Criativo na “Cidade do Conhecimento”. Revista De Cultura E Extensão USP, 14(supl.), 25-39. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9060.v14isupl.p25-39
Seção
Artigos