O Mundo é um Palco: Experiência de Oficinas de Teatro na Saúde Mental

  • Edilaine Cristina Silva Gherardi-Donato Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto. Departamento de Enfermagem Psiquiátrica
  • Maria Neyrian de Fátima Fernandes Universidade Federal do Maranhão e Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
  • Carla Araujo Bastos Teixeira Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
  • Larissa Bessani Hidalgo Gimenez Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
  • Vinícius Santos de Moraes Centro Universitário Barão de Mauá
Palavras-chave: Teatro. Saúde Mental. Comunicação

Resumo

O presente trabalho objetiva descrever a experiência das atividades desenvolvidas no Grupo de Teatro relacionadas ao projeto de cultura e extensão “Teatro e Saúde Mental” iniciado em 2010. Trata-se de uma abordagem qualitativa e descritiva das atividades de desenvolvimento do Grupo de Teatro e sobre os resultados obtidos como desdobramento do projeto. A leitura dos resultados advindos da exploração da vivência dos facilitadores do grupo, somado ao material obtido das discussões pós- -atividades resultaram em três categorias: Quando abrem-se as cortinas: o grupo; A encenação do Eu e do Nós e Os bastidores. Pôde-se verificar que, ao estimular diferentes habilidades gerais, tais como criatividade, atenção, orientação, memória, raciocínio, reflexão, sensibilidade, expressão vocal e corporal, criou-se elementos para uma rela- ção profissional-paciente menos engessada e mais contextualizada. Além disso, através da valorização dos participantes, foi possível despertar sentidos, emoções e trocas de vivências, bem como estimular o pensar e o desenvolvimento cognitivo-comportamental e de habilidades sociais de cada qual, cujas experiências vividas no grupo desvelaram-se como referência para as situações reais do cotidiano. Percebeu-se que o teatro é um instrumento de promoção de mudança social, por isso, considera-se importante utilizá-lo com maior frequência nos ambientes clínico e terapêutico, bem como estimular o interesse de mais pesquisadores da Saúde a realizarem abordagens sobre os impactos da Arte nesses contextos

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edilaine Cristina Silva Gherardi-Donato, Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto. Departamento de Enfermagem Psiquiátrica
professora associada do Departamento de Enfermagem Psiquiátrica da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo
Maria Neyrian de Fátima Fernandes, Universidade Federal do Maranhão e Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
professora assistente da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), doutoranda em Ciências pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo
Carla Araujo Bastos Teixeira, Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
doutoranda em Ciências pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo
Larissa Bessani Hidalgo Gimenez, Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
doutoranda em Ciências pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo
Vinícius Santos de Moraes, Centro Universitário Barão de Mauá
graduando em Fisioterapia pelo Centro Universitário Barão de Mauá
Publicado
2016-11-11
Como Citar
Gherardi-Donato, E., Fernandes, M. N., Teixeira, C., Gimenez, L., & Moraes, V. (2016). O Mundo é um Palco: Experiência de Oficinas de Teatro na Saúde Mental. Revista De Cultura E Extensão USP, 16, 73-83. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9060.v16i0p73-83
Seção
Artigos