Construção do conhecimento contextualizado e cultura popular no ensino de ciências através da produção de vídeos digitais no contexto da folkcomunicação científica e tecnológica

  • Sebastião da Silva Vieira
  • Marcelo Sabbatini Universidade Federal de Pernambuco. Centro de Educação. Departamento de Fundamentos Sócio-Filosóficos da Educação
Palavras-chave: Vídeo digital. Ensino de Ciências. Folkcomunicação Científica e Tecnológica.

Resumo

Esse trabalho aborda a construção do conhecimento contextualizado através da participação popular no ensino de ciências através da produção de vídeos digitais no contexto da folkcomunicação. A partir do reconhecimento das limitações da escola e da concepção tradicional de educação apresentamos os resultados de uma pesquisa de intervenção participante que analisou como a produção de vídeos digitais por discentes de uma escola da Rede Municipal do município de Itapissuma (PE) contribui para a construção do conhecimento contextualizado no ensino de Ciências. A metodologia utilizada foi de natureza qualitativa, empregando entrevistas semiestruturadas e observação participante para a coleta de dados junto a dezoito discentes e um docente. Anteriormente ao início dos trabalhos dos alunos foram realizadas oficinas de criação de vídeo digital, seguidas de entrevistas, na fase pós-produção. Os resultados evidenciam que a assunção do papel de produtores culturais contribui significativamente para o processo de construção do conhecimento, e para a posta em prática, forma contextualizada, dos conteúdos curriculares abordados. A publicação dos vídeos em redes sociais, seguida de debates e diálogos a respeito de conceitos científicos que impactam o cotidiano da comunidade onde vivem (poluição, doenças sexualmente transmissíveis) estabeleceu por outro lado um nexo entre vida, cultura popular e o ensino em Ciências, conforme os elementos de uma Folkcomunicação Científica e Tecnológica. Dessa forma, reconhecendo a importância e a necessidade de mediações pedagógicas que promovam a interação, a colaboração, o trabalho em equipe e o desenvolvimento da autonomia, nossos resultados validam a produção de vídeo digital enquanto tecnologia educacional capaz de estabelecer novas formas de compreensão do mundo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sebastião da Silva Vieira
mestre na linha de pesquisa Educação Tecnológica pela Universidade Federal de Pernambuco-UFPE. - EDUMATEC - UFPE (2017), Técnico em Informática (Desenvolvimento de Software) pela Escola Técnica Estadual Professor Agamemnon Magalhães, ETEPAM, Brasil.(2014-2015). Graduado em Licenciatura Plena em Pedagogia pela Faculdade de Ciências Humanas e Sociais de Igarassu - FACIG (2008), Especialista em Pedagogia Empresarial pela Faculdade Joaquim Nabuco - FJN (2010).
Marcelo Sabbatini, Universidade Federal de Pernambuco. Centro de Educação. Departamento de Fundamentos Sócio-Filosóficos da Educação
doutor em Teoria e História da Educação - Universidad de Salamanca (Espanha) em 2004. Pós-doutorado realizado no Programa de Extensão Rural e Desenvolvimento Local - POSMEX da Universidade Federal Rural de Pernambuco, 2006. Mestre em Comunicação Social, modalidade Comunicação Científica e Tecnológica, Universidade Metodista de São Paulo, 2000. Especialista em Comunicação e Cultura Científica, Universidad de Salamanca, 1999. MBA em Administração de Empresas, foco em Gestão, Fundação Getúlio Vargas, 2009. Engenheiro químico, Universidade Estadual de Campinas, 1997. Professor Adjunto IV do Departamento de Fundamentos Sócio-Filosóficos da Educação do Centro de Educação da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e professor pesquisador da Universidade Aberta do Brasil (UAB-Capes). Professor do Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática e Tecnológica - EDUMATEC-UFPE.
Publicado
2017-05-28
Como Citar
Vieira, S., & Sabbatini, M. (2017). Construção do conhecimento contextualizado e cultura popular no ensino de ciências através da produção de vídeos digitais no contexto da folkcomunicação científica e tecnológica. Revista De Cultura E Extensão USP, 17(supl.), 51-62. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9060.v17isupl.p51-62
Seção
Artigos