Educação das pessoas com diabetes mellitus em seguimento ambulatorial e no período de internação hospitalar

Autores

  • Ana Emilia Pace Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo
  • Karina Dal Sasso Mendes Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo
  • Silvia Maria Passeri Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
  • Maria Cristina Foss-Freitas Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo
  • Lilian Cristiane Gomes Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo
  • Débora Brandão Bertolini Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária
  • Thaísa Friaça Felisbino de Sene Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9060.v2i0p63-71

Palavras-chave:

Diabetes Mellitus. Educação de pacientes. Enfermagem.

Resumo

A educação é apresentada como uma estratégia para favorecer a aquisição de conhecimentos e fortalecer a autoconfiança, na promoção da adesão ao tratamento e de habilidades para o autocuidado. A partir dessas premissas, são desenvolvidas atividades educativas junto às pessoas com diabetes mellitus, em uma unidade de saúde de atenção terciária, com intenção de integrar atividades de ensino, pesquisa e extensão universitária. Durante o ano de 2008, foram atendidas 166 pessoas em seguimento ambulatorial, perfazendo um total de 462 atendimentos e 77 faltas. Na unidade de internação hospitalar, foram desenvolvidas atividades educativas individuais para 81 pessoas. As principais razões pela procura do atendimento são: diabetes mellitus mal controlado; início ou dificuldade para aplicar insulina; início do monitoramento da glicemia capilar; dúvidas sobre a doença, tratamento, preparo para a coleta dos exames e cuidados com o corpo; alterações ou lesões em pés e agravamento no estado de saúde. Reconhece-se a importância do trabalho integrado com a equipe multidisciplinar e da família no apoio ao autocuidado da pessoa com diabetes mellitus, bem como a influência dos fatores emocionais, sociais e culturais, entre outros, nesse processo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Emilia Pace, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo

Enfermeira, Professora Associada da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo

Karina Dal Sasso Mendes, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo

Enfermeira Especialista em Laboratório da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo

Silvia Maria Passeri, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto

Enfermeira do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto

Maria Cristina Foss-Freitas, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Médica, Professora Doutora da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Lilian Cristiane Gomes, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo

Enfermeira, mestranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem Fundamental da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo

Débora Brandão Bertolini, Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária

Graduanda de Enfermagem, bolsista do Projeto “Educação das Pessoas com Diabetes Mellitus em Seguimento Ambulatorial e no Período de Internação Hospitalar”, da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária

Thaísa Friaça Felisbino de Sene, Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária

Graduanda de Enfermagem, bolsista do Projeto “Educação das Pessoas com Diabetes Mellitus em Seguimento Ambulatorial e no Período de Internação Hospitalar”, da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária

Downloads

Publicado

2009-09-01

Como Citar

Pace, A. E., Mendes, K. D. S., Passeri, S. M., Foss-Freitas, M. C., Gomes, L. C., Bertolini, D. B., & de Sene, T. F. F. (2009). Educação das pessoas com diabetes mellitus em seguimento ambulatorial e no período de internação hospitalar. Revista De Cultura E Extensão USP, 2, 63-71. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9060.v2i0p63-71

Edição

Seção

Artigos