Dor Orofacial: Compreendendo o Processo Pelos Pontos de Vista do Paciente e do Cuidador

Autores

  • Bárbara Graziele Ramos Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.
  • Samira Falleiros Ortiz Faculdade de Odontologia de RibeirãoPreto da Universidade de São Paulo
  • Tamiris Bittencourt Fonseca Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo
  • Vinicius Pedrazzi Departamento de Materiais Dentários e Prótese da Faculdadede Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9060.v8i0p139-151

Palavras-chave:

Placa miorrelaxante. Questionário de avaliação da dor. Qualidade de vida.

Resumo

Uma situação bastante comum relatada por pacientes que procuram por tratamento clínicoé a presença de sintomatologia dolorosa. A dor é uma experiência pessoal e subjetivainfluenciada pela experiência cultural, pelo conhecimento da situação, atenção e outrasvariáveis psicológicas. Este trabalho teve como objetivo proporcionar ao estudante da áreade saúde, aos docentes e aos pacientes, por meio de entrevistas e aplicação da ferramentaMcGill Pain Questionnaire, melhor conhecimento sobre os mecanismos desencadeantesdas dores temporomandibulares (DTMs) e sobre a eficiência do uso de placa miorrelaxante.A melhor relação clínico/cliente na discussão dos sinais, sintomas e intensidade dedor referida, bem como a motivação dos cuidadores para o melhor acolhimento e atendimentohumanizado dos clientes portadores de DTMs crônicas, vislumbrando ação positivano ensino, na pesquisa e na extensão com atendimento de melhor qualidade foramincentivadas. Após três anos de acompanhamento clínico de 39 pacientes, com avaliaçãoda dor qualitativamente, pode-se concluir que as expectativas dos clientes e cuidadorescom relação ao tratamento clínico das DTMs nem sempre são atendidas em igual importância,apesar de o tratamento clínico com a placa ter sido satisfatório. Notou-se ainda afalta de adesão ao tratamento e seguimento de caso após o cessamento da dor.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bárbara Graziele Ramos, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

Graduanda em Fisioterapia da Faculdade de Medicina de RibeirãoPreto da Universidade de São Paulo.

Samira Falleiros Ortiz, Faculdade de Odontologia de RibeirãoPreto da Universidade de São Paulo

Graduanda em Odontologia da Faculdade de Odontologia de RibeirãoPreto da Universidade de São Paulo

Tamiris Bittencourt Fonseca, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo

Graduanda em Fonoaudiologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo

Vinicius Pedrazzi, Departamento de Materiais Dentários e Prótese da Faculdadede Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo

Professor associado do Departamento de Materiais Dentários e Prótese da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo

Downloads

Publicado

2012-10-01

Como Citar

Ramos, B. G., Ortiz, S. F., Fonseca, T. B., & Pedrazzi, V. (2012). Dor Orofacial: Compreendendo o Processo Pelos Pontos de Vista do Paciente e do Cuidador. Revista De Cultura E Extensão USP, 8, 139-151. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9060.v8i0p139-151

Edição

Seção

Artigos