Emissões públicas de ações, volatilidade e insider information na Bovespa

Autores

  • Otávio Ribeiro de Medeiros UFRN
  • Alberto Shigueru Matsumoto Fundação Visconde de Cairu

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1519-70772006000100003

Palavras-chave:

Estudo de evento, Emissão de ações, Empresas brasileiras, ARCH, GARCH

Resumo

O trabalho utiliza um estudo de evento para examinar os retornos de ações relacionados a emissões públicas por empresas brasileiras listadas na BOVESPA, realizadas entre 1992 e 2002, buscando determinar como o mercado reagiu antes, durante e depois da data do anúncio da emissão. Após utilizar a metodologia convencional de mensuração de retornos anormais por OLS, foram utilizados modelos ARCH e GARCH, que levam em consideração a heteroscedasticidade condicional da volatilidade dos retornos anormais, em mais de 70% da amostra, após a constatação da presença desses processos nos resíduos originais. Os resultados mostram que (1) há evidências de insider information antes da data do anúncio, (2) que ocorrem retornos anormais negativos na data do anúncio e (3) que, no período de um ano após as emissões, as ações das empresas que captaram recursos via underwriting tiveram retornos negativos após ajuste ao risco e ao mercado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2006-04-01

Como Citar

Medeiros, O. R. de, & Matsumoto, A. S. (2006). Emissões públicas de ações, volatilidade e insider information na Bovespa . Revista Contabilidade & Finanças, 17(40), 25-36. https://doi.org/10.1590/S1519-70772006000100003

Edição

Seção

naodefinida