Proposta de mensuração de risco baseado em utilidade

Autores

  • Rodrigo Leone Universidade Potiguar; Departamento de Administração
  • Roberto Quirino do Nascimento Universidade Federal da Paraíba; Centro de Ciências Exatas e da Natureza; Departamento de Estatística
  • George Guerra Leone Universidade Federal da Paraíba; Departamento de Contabilidade
  • Paulo Oliveira Universidade Federal do Rio de Janeiro; COPPE; Programas de Pós-graduação de Engenharia

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1519-70772007000200003

Palavras-chave:

Mensuração do Risco, Função Utilidade, Desvio-Utilidade, Mercado de Ações

Resumo

A mensuração do risco, integrada aos modelos de finanças corporativas mediante o trabalho de Markowitz, era baseada na variância dos retornos em torno do retorno médio naquele período. Entretanto, apesar do cálculo do risco pela variância ter a propriedade de penalizar variações superiores a uma unidade, tal metodologia não diferencia variações negativas de variações positivas. Neste trabalho, propõe-se uma mensuração do risco, na qual se incorpora uma função utilidade, de modo a retratar a característica, suposta comum aos investidores racionais, de que a decepção com a perda é mais sentida que a satisfação com o ganho. A inserção dessa nova componente, além de fornecer novas interpretações de volatilidade, mostrou-se um instrumento de alerta mais eficaz que a metodologia usual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-08-01

Como Citar

Leone, R., Nascimento, R. Q. do, Leone, G. G., & Oliveira, P. (2007). Proposta de mensuração de risco baseado em utilidade . Revista Contabilidade & Finanças, 18(44), 23-32. https://doi.org/10.1590/S1519-70772007000200003

Edição

Seção

Artigos