O uso de quartis para a aplicação dos filtros de Graham na Bovespa (1998-2009)

Autores

  • Alysson Ramos Artuso Fae Centro Universitário
  • Anselmo Chaves Neto Universidade Federal do Paraná; Departamento de Estatística

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1519-70772010000100003

Palavras-chave:

Mercado Acionário, Filtros de Graham, Seleção de Portfólio

Resumo

Com o objetivo de avançar na compreensão do mercado acionário brasileiro e de analisar estratégias adequadas para o pequeno investidor, propõe-se uma análise da aplicação dos filtros de Graham para a seleção de ativos na Bovespa no período de 1998 a 2009. Mediante uma abordagem de carteira e de testes estatísticos, notou-se a presença de retornos anormais e superiores ao Ibovespa especialmente nas carteiras montadas por um período de cinco anos, entretanto as carteiras montadas possuíam baixa diversificação de ativos. Como os filtros de Graham foram desenvolvidos para o mercado norte-americano da década de 1970, sugeriu-se a elaboração de novos qualificadores de forma a adequá-los ao momento e ao cenário brasileiro. Essa abordagem usou os quartis mais interessantes de cada critério para definir os novos qualificadores e mostrou-se superior ao Ibovespa para todos os períodos analisados, mas não eliminou o problema de baixa diversificação dos portfólios.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-01-01

Como Citar

Artuso, A. R., & Chaves Neto, A. (2010). O uso de quartis para a aplicação dos filtros de Graham na Bovespa (1998-2009) . Revista Contabilidade & Finanças, 21(52), 0-0. https://doi.org/10.1590/S1519-70772010000100003

Edição

Seção

naodefinida