[1]
Álvaro Ricardino e S. T. A. Martins, “ Governança corporativa: um novo nome para antigas práticas? ”, Rev. Contab. Finanç., vol. 15, nº 36, p. 50-60, dez. 2004.