Submissões online

Envio de artigos originais

 

Os artigos devem ser encaminhados pela plataforma ScholarOne, utilizada para a submissão e avaliação dos artigos.

Direitos e Permissão

A RC&F não cobra taxa para a submissão de artigos. A submissão de artigo(s) à RC&F implica na autorização do(s) autor(es) para sua publicação, sem pagamento de direitos autorais.

Escopo e política

 

Público-alvo

O público-alvo da RC&F é constituído principalmente por professores, pesquisadores, profissionais e estudantes das áreas de contabilidade, finanças e atuária.

Política sobre ética na publicação

A política sobre ética disciplina os relacionamentos entre os vários agentes na publicação de artigos científicos. Não pretende esgotar o assunto, mas tratar os aspectos mais relevantes, inclusive operacionais, no relacionamento entre editores, autores, avaliadores, leitores e comunidade em geral. Nesse sentido, está alinhada com diretrizes da Committee on Publication Ethics (COPE) a qual é membro ativo, Scientific Electronic Library Online (SciELO), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e Associação Nacional de Pesquisa em Administração (ANPAD).


Divide-se em:

Copyright

Após a aceitação de um artigo, os autores serão convidados a preencher a “Declaração de Titularidade Originária” e a “Autorização para a Reprodução e para a Tradução de Obra Autoral”.

Creative Commons

A atribuição do Creative Commons e CC-BY, sempre reconhecendo aos autores e ao periódico os créditos da pesquisa.

Financiamento para pesquisa

Quando a pesquisa que originou o artigo submetido for financiada por alguma organização, o fato deve ser informado pelos autores na ocasião da submissão do trabalho, no sistema ScholarOne.

Conflito de interesse

Caso exista conflito de interesse entre autores e qualquer outra pessoa ou entidade, deve ser informado pelos autores na ocasião da submissão do trabalho, no sistema ScholarOne.

Práticas inadequadas

No caso de identificação de potenciais práticas inadequadas, tais como redundância, plágio, problemas com uso de bases de dados, conflitos entre autores, conflitos de interesse não esclarecidos, entre outros, uma vez não solucionadas, devem ser discutidas no grupo dos editores. Se ainda assim a questão não for resolvida, será criada uma comissão aos editores para avaliar e decidir sobre o problema e comunicada a sua existência e solução proposta ao Conselho Editorial. Política interna orientará a sequência e envolvimento. Em caso de dúvida, os autores devem encaminhar suas questões à Revista por e-mail ao Editor-Chefe.
Retratações serão demandadas quando incorreções relevantes forem identificadas em artigos já publicados.

Orientações aos autores, avaliadores e editores

A revisão por pares (Peer Review), em todas as suas formas, tem um papel fundamental no processo de garantir a qualidade e a integridade da produção acadêmica. Este processo depende, em grande parte, da confiança, e demanda que todos os envolvidos atuem de forma responsável e ética. As Diretrizes Éticas do COPE para Revisores Externos estabelecem os princípios básicos e normas aos quais todos os revisores devem aderir no processo de revisão por pares (http://publicationethics.org/).

Orientação para casos de coleta de dados de humanos por meio de questionários (surveys), entrevistas e experimentos

Nos casos de coleta de dados de humanos por meio de questionários (surveys), entrevistas e experimentos, é essencial que os autores peçam o consentimento para o uso dos dados antes de serem iniciadas as respostas. Analogamente, é essencial que os pesquisadores mantenham a confidencialidade dos dados individuais frente a quaisquer agentes. O armazenamento e o destino dos dados são de total responsabilidade dos pesquisadores, que devem zelar pela confidencialidade dos mesmos.

Para ler nossa política completa, sobre ética na publicação, acesse o site http://rcf.fea.usp.br/index.php/cope/


Informações para a submissão de artigos ou ensaios

  1. Os artigos passam por um sistema de revisão tripla (triple blind review), no qual: (i) o autor não sabe quem é o revisor; (ii) o revisor não sabe quem é o autor; e (iii) o editor associado, embora saiba quem é o revisor, não sabe quem é o autor.
  2. Os artigos ou ensaios devem ser submetidos SEM QUALQUER IDENTIFICAÇÃO DE AUTORIA no corpo do texto e nas propriedades do arquivo. Para isso, deve ser retirado do artigo quaisquer informações que facilitem a identificação do autor, como, por exemplo, agradecimentos.
  3. Nos casos de pesquisa submetida ao Comitê de Ética em Pesquisa (CEP), por favor, oculte o número do Certificado de Apresentação de Apreciação Ética (CAAE), nos informando apenas: CAAE "xxxxxx", sendo a numeração divulgada apenas quando o artigo for aprovado para publicação.
  4. As informações sobre a autoria (nome completo do autor principal e todos os coautores, instituição, departamento, e-mail, país, estado e cidade) deverão ser registradas no cadastro do sistema.
  5. A Declaração de Ciência Aberta, disponível no sistema de submissão, deve ser totalmente preenchida e submetida no local indicado na etapa de carregamento de artigo.
  6. É necessário verificar a conformidade do processo de submissão do sistema ScholarOne e dos itens da estrutura do trabalho. Para isso, leia as nossas diretrizes na opção formatodo menu Submissão. As submissões que estiverem com os registros dos metadados incompletos serão devolvidas para ajustes.
  7. É essencial que os autores indiquem o problema de pesquisa e a lacuna na literatura, a(s) contribuição(ões) do artigo ou ensaio e as potenciais implicações da pesquisa. Tais elementos proporcionam ajuda aos Revisores e Editores.
  8. O número de autores deve ser de, no máximo, 5 (cinco) integrantes. Na publicação, a ordem de autoria (autor principal e coautores) será aquela informada no momento da submissão. Entende-se que a mesma esteja de acordo com a contribuição de cada um dos autores.
  9. Os artigos ou ensaios serão publicados sempre em dois idiomas: português e inglês ou espanhol e inglês. Serão publicados apenas artigos cujos autores concordem com a tradução do seu trabalho de português para inglês, de inglês para português ou de espanhol para inglês, ambas as versões publicadas pela RC&F, que providenciará as traduções sem custos para os autores.
  10. Os autores, independentemente do número de revisões verificadas, só podem considerar que seus trabalhos serão publicados quando receberem a comunicação dizendo que o trabalho FOI APROVADO.
  11. Nos casos de trabalhos que passarem por revisões, os autores deverão encaminhar ao Editor-Chefe um relatório explicitando as alterações efetuadas, bem como uma nova versão do artigo ou ensaio com e sem marcas de revisão.

 

 

Forma e preparação de manuscritos

 

Estrutura

A estrutura do trabalho, em termos gerais, deverá ser constituída na seguinte ordem:

  • Título do trabalho: o título, acompanhado de sua tradução para o inglês, deve ter o máximo de 100 caracteres contando espaços e ser suficientemente específico e descritivo.
  • Resumo: Não devem ser usados quadros, enumerações, tabelas, gráficos, ilustrações, equações e fórmulas, além de abreviaturas, siglas, símbolos e, tampouco, citações. O texto do Resumo deve ter o mínimo de 250 e o máximo de 300 palavras. A distribuição das 300 palavras fica por conta do julgamento dos autores em função do que considerarem relevante para o entendimento e uso dos artigos. A RC&F solicita um resumo estruturado na submissão, a estrutura do resumo é diferente do artigo publicado. O resumo deve manter os tópicos com os termos abaixo:

Resultados e contribuições:
Objetivo:
Lacuna:
Relevância:
Impacto:
Metodologia:

  • Palavras-chave: na língua do texto, com até cinco descritores mais conhecidos da área, separados entre si por vírgula e finalizados por ponto.
    Exemplo: Palavras-chave: ética, códigos de ética, gestão.
  • Abstract: Versão do resumo em inglês.
  • Keywords: Versão das palavras-chave na língua do texto para o idioma Inglês.
  • Introdução.
  • Desenvolvimento (identificadas as separações específicas de cada trabalho).
  • Conclusão.
  • Referências bibliográficas: citações no corpo do artigo deverão estar completas nas referências bibliográficas ao final do texto e em ordem alfabética, de acordo com as normas da 6ª edição da American Psychological Association (APA).
  • Não são aceitas notas de rodapé.

Formato:

O artigo não deve exceder 32 páginas, e o ensaio não deve exceder 15 páginas, incluindo as referências, digitadas em um software compatível com Microsoft Office 2000 ou superior para Windows, com as seguintes especificações:

  • Fonte: Times New Roman; tamanho 12 (para textos) e 10 (para tabelas, figuras e notas de tabelas e figuras);
  • Espaçamento: duplo para o texto, incluindo fórmulas; e espaçamento simples para tabelas e figuras;
  • Alinhamento: justificado para o texto, os parágrafos devem ter recuo de 1 cm na primeira linha;
  • Número de página: no canto superior direito;
  • Medidas das margens: 2,5 cm (superior, inferior, direita e esquerda).
  • Tamanho do papel: A4 (21,0cm x 29,7cm).
  • Tabela: apenas este termo deve ser utilizado no título, para dados quantitativos e/ou qualitativos apresentados em formato de linhas e colunas (não utilizar o termo “quadro”). As tabelas devem ser enumeradas sequencialmente com cabeçalho explicitando: o que está sendo representado, quando ocorreu e onde ocorreu. O título deve ser colocado acima da tabela, conforme a norma APA. 
    Exemplo: Tabela 1 Estatística descritiva para amostra com dados com base em dezembro.
  • Figura: apenas este termo deve ser utilizado no título para as imagens (não utilizar os termos “ilustração”, “gráfico”, “organograma” etc.). O título deve ser colocado na parte inferior (abaixo da imagem), precedido da palavra Figura, seguida de seu número de ordem de ocorrência no texto, em algarismos arábicos, conforme a norma APA. 
    Exemplo: Figura 1 Processos inerentes à institucionalização.
  • Fórmulas: devem permitir edição e não devem constar no texto como imagem;
  • Siglas: quando aparecem pela primeira vez no texto, a forma dos nomes precede as siglas, colocadas entre parênteses. 
    Exemplo: Universidade de São Paulo (USP).
  • As tabelas, figuras e fórmulas devem permitir edição em software compatível com Microsoft Office 2000 ou superior para Windows.

Tutoriais das normas da American Psychological Association (APA) disponíveis em: https://apastyle.apa.org/6th-edition-resources

 

atualizada em: 25/05/2022