A SISTEMATIZAÇÃO DAS NORMAS CONTÁBEIS NO ORDENAMENTO JURÍDICO BRASILEIRO

Autores

  • Rogério Dias Correia Fucape Business School
  • Fábio Moraes da Costa

DOI:

https://doi.org/10.11606/rco.v10i27.110553

Palavras-chave:

Legalidade, eficiência técnica, sistematização

Resumo

O presente estudo tem por objeto a normatização contábil no ordenamento jurídico brasileiro. Busca-se apresentar os veículos introdutores de normas contábeis, os critérios de solução de conflitos e, principalmente, delinear os contornos do exercício da competência normativa pelos órgãos e entidades pertencentes à administração pública em matéria contábil. Trata-se de uma proposta de sistematização da complexa teia normativa que versa sobre temas contábeis, composta por normas constitucionais, legais e infralegais. Através da análise do arcabouço normativo, conclui-se pela necessidade de uma releitura do princípio da legalidade, sob o enfoque do princípio da eficiência, para reconhecer um amplo campo de competência normativa aos órgãos e entidades pertencentes à administração pública, para estabelecer normas que tenham como objeto a evidenciação, mensuração e registro das operações, eventos e fatos econômicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rogério Dias Correia, Fucape Business School

Mestre e Doutor em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra/Portuga. Professor de Direito Tributário na Fucape Business School.

Downloads

Publicado

2016-08-29

Como Citar

Correia, R. D., & Costa, F. M. da. (2016). A SISTEMATIZAÇÃO DAS NORMAS CONTÁBEIS NO ORDENAMENTO JURÍDICO BRASILEIRO. Revista De Contabilidade E Organizações, 10(27), 46 - 57. https://doi.org/10.11606/rco.v10i27.110553

Edição

Seção

Artigos