ADOÇÃO AO PADRÃO IFRS E EARNINGS QUALITY: A PERSISTÊNCIA DO LUCRO DAS EMPRESAS LISTADAS NA BM&FBOVESPA

Autores

  • Josimar Pires da Silva Universidade de Brasília
  • Mariana Pereira Bonfim Universidade de Brasília
  • Jorge Katsumi Niyama Universidade de Brasília
  • César Augusto Tibúrcio Silva Universidade de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.11606/rco.v11i29.125846

Palavras-chave:

Qualidade do Lucro, Padrão IFRS, Persistência do Lucro.

Resumo

O objetivo dessa pesquisa foi o de analisar a relação entre a persistência do lucro das empresas listadas na BM&FBovespa, em comparação ao padrão IFRS. A pesquisa teve como base os dados das demonstrações financeiras, separadas em pré-convergência (anos de 2003 a 2007), e pós-convergência (anos de 2010 a 2014), resultando assim, em uma amostra de 235 empresas, com 2.350 observações. Para o cálculo da proxy de qualidade do lucro, tomou-se por base o modelo presente nos trabalhos de Dechow e Schrand (2004), Dechow, Ge, e Schrand (2010) e Perotti e Wagenhofer (2014), que considera o coeficiente angular β como a medida para a persistência nos lucros. Os achados da pesquisa demonstraram que houve aumento na qualidade do lucro após a adoção das IFRS, mostrando consistência com as pesquisas internacionais nas quais a convergência às normas internacionais de contabilidade, poderia resultar em um aumento na qualidade do lucro para as companhias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2017-05-31

Como Citar

Silva, J. P. da, Bonfim, M. P., Niyama, J. K., & Silva, C. A. T. (2017). ADOÇÃO AO PADRÃO IFRS E EARNINGS QUALITY: A PERSISTÊNCIA DO LUCRO DAS EMPRESAS LISTADAS NA BM&FBOVESPA. Revista De Contabilidade E Organizações, 11(29), 46-55. https://doi.org/10.11606/rco.v11i29.125846

Edição

Seção

Artigos