Corrupção e ineficiência em licitações de governos locais e desenvolvimento humano: novas reflexões

Autores

  • Ícaro Saraiva Laurinho Universidade Federal do Pará
  • Lidiane Nazaré da Silva Dias Universidade Federal do Pará http://orcid.org/0000-0002-7546-5174
  • Carlos André Corrêa de Mattos Universidade Federal do Pará

DOI:

https://doi.org/10.11606/rco.v11i30.134529

Palavras-chave:

Corrupção. Ineficiência. Licitações. Desenvolvimento humano. Municípios. Saúde pública.

Resumo

Corrupção e ineficiência em contratações públicas e a associação com nível de desenvolvimento humano têm sido evidenciados em diversos países e governos. O presente artigo analisa a associação de irregularidades identificadas em licitações na função saúde em municípios brasileiros nos anos de 2010 a 2012. A presença de irregularidade está associada a um baixo desenvolvimento humano dos municípios considerados. A reflexão feita aqui é que, apesar de não ser possível pela metodologia afirmar causalidade entre corrupção e baixo desenvolvimento humano, há indícios de que a existência de tais práticas pode estar justamente associada ao baixo índice de desenvolvimento humano existente. Como implicação prática sugere-se o aumento da transparência dos processos e da atuação dos órgãos de controle, dado que o ambiente social local pode facilitar práticas clientelistas que criam oportunidades favoráveis à corrupção.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2017-09-29

Como Citar

Laurinho, Ícaro S., Dias, L. N. da S., & Mattos, C. A. C. de. (2017). Corrupção e ineficiência em licitações de governos locais e desenvolvimento humano: novas reflexões. Revista De Contabilidade E Organizações, 11(30), 57-70. https://doi.org/10.11606/rco.v11i30.134529

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.