A Petrobrás nas teias da corrupção: mecanismos discursivos da mídia brasileira na cobertura da Operação Lava Jato

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/rco.v11i31.134817

Palavras-chave:

Corrupção. Mídia. Lava Jato. Petrobrás.

Resumo

Nesse artigo, nosso objetivo é explorar a construção e o delineamento de escândalos de corrupção pela mídia no caso da Operação Lava Jato, que tornaram a Petrobrás protagonista de um dos maiores escândalos de corrupção do Brasil. Nossa análise foi feita na cobertura dada, na versão online, de duas publicações brasileiras (Folha de S.Paulo e Revista Veja) em uma grounded theory na vertente construtivista. Como resultados, analisamos o caso estudado em quatro elementos da teoria dos escândalos, e identificamos dois mecanismos discursivos utilizados pela mídia analisada. O primeiro desses mecanismos atua na dimensão do evento, colocando inicialmente a Petrobrás no centro do escândalo, e o outro configura a natureza política do mesmo. Propõe-se que a mídia articula discursos de modo a construir sentidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cintia Rodrigues de Oliveira Medeiros, Universidade Federal de Uberlândia

Doutora em Administração pela Fundação Getulio Vargas - EAESP - linha de pesquisa Estudos Organizacionais, Mestre em Administração pela Universidade Federal de Uberlândia (2008). Mestrado em Administração pelo Centro Universitário de Franca (2002). Professora Ajunta III dos cursos de Graduação e Pós-Graduação da Faculdade de Gestão e Negócios da Universidade Federal de Uberlândia e Líder do Grupo de Estudos em Culturas, Organizações e Sociedade. Interesses de pesquisa em Estudos Organizacionais, priorizando os temas gênero, cultura e poder, discursos organizacionais, crimes corporativos e o lado sombrio das organizações, com aporte teórico das tradições pós, em pesquisas de natureza qualitativa.

Rafael Alcadipani da Silveira, Fundação Getulio Vargas

Professor Adjunto da EAESP-FGV, International Visiting Fellow no Cardiff Crime & Security Research Institute - Cardiff University e associado pleno ao Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Ph.D pela Manchester Business School. Recebeu diversas honrarias acadêmicas, tendo sido Professor Homenageado no curso de graduação da FGV-EAESP, indicado a prêmios de melhor artigo em congressos nacionais e internacionais de destaque como o Enanpad e o Academy of Management Meeting, além de ter tido artigos como mais lidos de periódicos internacionais como Organization e Organization Research Methods (9o periódico em fator de impacto no JCR). É Líder da Linha de Pesquisa em Estudos Organizacionais da EAESP-FGV. Foi visiting professor na Istanbul Bigli University, visiting researcher na Manchester Business School, na University of Gothenburg e no Boston College. Editor associado do periódico Qualitative Research in Organizations and Management e revisor de periódicos nacionais e internacionais de renome. Foi membro do comitê científico da Divisão de Estudos Organizacionais da ANPAD, ex-membro-eleito do comitê científico da divisão CMS da Academy of Management e foi vice-presidente da primeira gestão da Sociedade Brasileira de Estudos Organizacionais. É membro do conselho editorial de periódicos internacionais de destaque como Organization e Management Learning. Parecerista do CNPq, CAPES e da Fapesp. Fez parte do comitê de avaliação da CAPES para o Qualis-periódicos da área de Administração para o triênio 2010-2012 e também participou da avaliação trienal. Foi chefe do Departamento de Administração Geral e Recursos Humanos da EAESP-FGV e coordenador do Programa de Iniciação a Pesquisa da mesma instituição. Os resultados de suas pesquisas estão sendo publicados em periódicos internacional de destaque como Organization Research Methods, Human Relations, Organization, Academy of Management Learning & Education e Gender Work and Organization. Além disso, participa com frequência realizando análises em órgão de imprensa nacional como Folha de São Paulo, Rede Globo e Globonews e também da mídia internacional como BBC, The Wall Street Journal e Financial Times. Seus interesses de pesquisa são práticas e organizações, etnografia e perspectivas pós-estruturalistas em análise das organizações. Seu foco de pesquisa atualmente são organizações policiais. Coordena projetos de pesquisa financiados pelo CNPq e FAPESP. É frequentemente convidado a proferir palestras e aulas na Academia de Polícia Civil de São Paulo e faz parte da CIRN - Criminal Investigation Research Network da University of South Wales, uma rede de professores, pesquisadores, peritos e policiais seniores de diferentes países da Europa e dos Estados Unidos que busca compartilhar conhecimento entre acadêmicos e praticantes a respeito da investigação de crimes, em especial de homicídios e crimes graves.

Publicado

2018-01-31

Como Citar

Medeiros, C. R. de O., & Silveira, R. A. da. (2018). A Petrobrás nas teias da corrupção: mecanismos discursivos da mídia brasileira na cobertura da Operação Lava Jato. Revista De Contabilidade E Organizações, 11(31), 11-20. https://doi.org/10.11606/rco.v11i31.134817

Edição

Seção

Artigos