Ensaio sobre algumas raízes profundas da contabilidade, em apoio aos princípios fundamentais

Autores

  • Sérgio de Iudícibus Universidade Pontifícia Católica de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/rco.v1i1.34693

Palavras-chave:

Teoria da Contabilidade, raízes da Contabilidade, essência sobre a forma, princípios fundamentais

Resumo

O objetivo deste artigo é apresentar um ensaio teórico sobre os principais fundamentos da Contabilidade, assim traduzidos como raízes dessa ciência. De forma específica, busca-se uma reflexão histórico-crítica sobre o "Status Quo" da Contabilidade, tanto no âmbito nacional, quanto no internacional. Tendo em vista que alguns reguladores e normatizadores consideram aceitar como base conceitual quase que única acabada e profunda da teoria contábil o conjunto de princípios fundamentais, esses sejam extremamente importantes para nortear as normas que suportam a prática contábil. Como produtos da pesquisa, destacam-se quatros grandes raízes: a primeira delas caracterizou pela análise da prevalência da essência sobre a forma; a segunda conteve-se na discussão da prevalência do todo sobre o individual; a terceira contemplou a prevalência da alocação sobre a valoração, e a prevalência da evolução sobre o "Status Quo" da contabilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-12-01

Como Citar

Iudícibus, S. de. (2007). Ensaio sobre algumas raízes profundas da contabilidade, em apoio aos princípios fundamentais. Revista De Contabilidade E Organizações, 1(1), 9-16. https://doi.org/10.11606/rco.v1i1.34693

Edição

Seção

Artigos