O modelo do sistema de orçamento corporativo: influências no comportamento e no desempenho gerencial

Autores

  • Kenneth A. Merchant Universidade de Harvard

DOI:

https://doi.org/10.11606/rco.v1i1.34700

Resumo

Este trabalho estuda como as diferenças dos sistemas de orçamento, em nível corporativo, estão relacionadas ao tamanho, à diversificação e ao grau de descentralização da corporação, e como as diferentes escolhas de modelo e uso do sistema estão relacionadas ao desempenho organizacional, à motivação e às atitudes gerenciais. Foi desenvolvido um modelo a partir de resultados relatados em pesquisas sobre contabilidade e comportamento organizacional. As expectativas nesse modelo foram exploradas com dados colhidos em 19 indústrias do setor de eletrônicos. Os resultados, geralmente, validam o modelo. Eles mostram que o orçamento, como parte da estratégia de controle da corporação, é relacionado ao contexto corporativo. Empresas maiores tendem a fazer um uso relativamente maior de administrações mais formais, em oposição aos controles interpessoais. Em todas as empresas, os processos mais formais e elaborados de orçamento são, freqüentemente, bem recebidos pelos gerentes, mas nas empresas maiores eles parecem ser mais positivamente relacionados ao desempenho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-12-01

Como Citar

Merchant, K. A. (2007). O modelo do sistema de orçamento corporativo: influências no comportamento e no desempenho gerencial. Revista De Contabilidade E Organizações, 1(1), 107-124. https://doi.org/10.11606/rco.v1i1.34700

Edição

Seção

Artigos