Propriedades das séries temporais de lucros trimestrais das empresas brasileiras

Autores

  • Newton Carneiro Affonso da Costa Jr Universidade Federal de Santa Catarina
  • Antonio Lopo Martinez Universidade Federal da Bahia
  • Reinaldo Almeida Coelho Universidade do Estado de Santa Catarina
  • César Medeiros Cupertino FV; SOCIESC

DOI:

https://doi.org/10.11606/rco.v2i2.34703

Palavras-chave:

séries temporias, lucro operacional, lucro líquido, lucros trimestrais

Resumo

O artigo analisa as propriedades das séries temporais de lucros trimestrais de empresas brasileiras, verificando a presença ou não de independência estatística nessas séries. Como variável síntese do desempenho da empresa, o lucro é objeto intenso de análise (por analistas de mercado, investidores, órgãos governamentais de fiscalização etc), fato que ressalta a relevância da pesquisa em relação à aleatoriedade do comportamento de sua série temporal. Os dados foram obtidos no banco de dados da Economatica para o período compreendido entre o primeiro trimestre de 1995 ao último trimestre de 2006. As variáveis utilizadas no estudo foram o Lucro Operacional e o Lucro Líquido, ambas submetidas aos seguintes testes: (i) mudanças médias; (ii) testes de carreiras (runs tests), (iii) diferenças sucessivas e (iv) correlação serial. Os resultados encontrados corroboram a evidência internacional sobre lucros trimestrais de que estes apresentam certa dependência temporal. Verificou-se que existe uma relação negativa entre variações sucessivas de lucros trimestrais, ou seja, empresas que aumentaram seus lucros acima da média num determinado período tiveram uma tendência a variar menos que a média nos períodos subseqüentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-04-01

Como Citar

Costa Jr, N. C. A. da, Martinez, A. L., Coelho, R. A., & Cupertino, C. M. (2008). Propriedades das séries temporais de lucros trimestrais das empresas brasileiras. Revista De Contabilidade E Organizações, 2(2), 19-35. https://doi.org/10.11606/rco.v2i2.34703

Edição

Seção

Artigos