Avaliação da pesquisa agropecuária em cooperativas agroindustriais utilizando um modelo de scorecard dinâmico

Autores

  • Roberto Max Protil Universidade Católica do Paraná; Escola de Negócios
  • Amarildo da Cruz Fernandes Universidade Federal do Rio de Janeiro; Escola de Engenharia
  • Alfredo Benedito Kugeratski Souza Pontifícia Universidade Católica do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.11606/rco.v3i5.34732

Palavras-chave:

cooperativas agroindustriais, pesquisa agropecuária, balanced scorecard

Resumo

Este trabalho teve por objetivo desenvolver um instrumento de avaliação dos investimentos em pesquisa agrícola na cadeia produtiva do trigo e seu impacto na rentabilidade de cooperativas agroindustriais. Foi desenvolvido um modelo conceitual utilizando as metodologias Balanced Scorecard e Dinâmica de Sistemas, sendo que os dados e informações necessárias ao processo de modelagem foram obtidos por meio de estudo de caso e de pesquisa ação. No desenvolvimento do modelo foram inicialmente mapeados todos os processos envolvidos na pesquisa agrícola da cadeia produtiva do trigo. Posteriormente foi desenvolvido um mapa estratégico do BSC, explicitando os objetivos e indicadores da cooperativa. Finalmente usando o método da Dinâmica de Sistemas foi conduzida uma modelagem visando ampliar a visão sistêmica do problema. Esta modelagem resultou em dois diagramas: Diagrama de Enlace Causal e Diagrama de Fluxos e Estoques. O modelo desenvolvido neste trabalho permitiu uma melhor compreensão das complexas relações entre pesquisa e produção agrícola, facilitando assim o processo de analise e decisão de novos investimentos em pesquisa por parte dos gestores e analistas da cooperativa agroindustrial em estudo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-04-01

Como Citar

Protil, R. M., Fernandes, A. da C., & Souza, A. B. K. (2009). Avaliação da pesquisa agropecuária em cooperativas agroindustriais utilizando um modelo de scorecard dinâmico . Revista De Contabilidade E Organizações, 3(5), 62-79. https://doi.org/10.11606/rco.v3i5.34732

Edição

Seção

Artigos