Impacto da cultura organizacional no uso dos controles gerenciais de empresas metalúrgicas

Autores

  • Roberto Carlos Klann Fundação Universidade Regional de Blumenau
  • Denise Del Prá Netto Machado Fundação Universidade Regional de Blumenau

DOI:

https://doi.org/10.11606/rco.v5i12.34796

Palavras-chave:

Cultura organizacional, Controles gerenciais, Empresas metalúrgicas

Resumo

O artigo aborda um estudo sobre a influência da cultura organizacional das empresas no uso dos controles gerenciais, utilizando-se parte do modelo de Hofstede (1991), para classificar a cultura de duas empresas metalúrgicas quanto à distância hierárquica e ao controle da incerteza. Nesse sentido, o objetivo do artigo é descrever o impacto da cultura organizacional no uso dos controles gerenciais por parte dessas empresas. O método de pesquisa pode ser classificado como descritivo, com dados coletados por meio de levantamento e com abordagem quantitativa. Os resultados apontam que há diferenças culturais entre as duas organizações, principalmente em relação ao controle da incerteza, maior na empresa A. No entanto, apesar dessas diferenças, os controles gerenciais utilizados pelas duas empresas não apresentam diferenças estatisticamente significativas. Conclui-se então que a cultura organizacional dessas duas empresas não impacta os controles gerenciais por elas utilizados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-08-01

Como Citar

Klann, R. C., & Machado, D. D. P. N. (2011). Impacto da cultura organizacional no uso dos controles gerenciais de empresas metalúrgicas . Revista De Contabilidade E Organizações, 5(12), 90-108. https://doi.org/10.11606/rco.v5i12.34796

Edição

Seção

Artigos