A efetividade dos ciclos políticos nos municípios brasileiros: Um enfoque contábil

Autores

  • Ernesto Fernando Rodrigues Vicente Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC
  • Leonardo Silveira do Nascimento Secretaria do Tesouro Nacional

DOI:

https://doi.org/10.11606/rco.v6i14.45402

Palavras-chave:

Contabilidade Pública, Ciclos Políticos, Teoria da Escolha Pública.

Resumo

Com base nas teorias de ciclos políticos, este artigo tem o objetivo de demonstrar de que forma os indicadores contábeis podem estar relacionados ao comportamento “oportunista” dos
governantes, entendido como aquele que é direcionado à sua permanência no poder ou a de seus aliados políticos. Partiu-se de uma amostra de 3.404 municípios brasileiros abrangendo os mandatos de Prefeito findos em 2000, 2004 e 2008. Os resultados apontaram efeitos significativos nas seguintes variáveis: i) A elevação do Resultado Orçamentário e do Resultado Orçamentário Corrente em anos eleitorais reduz a probabilidade de recondução; ii) A geração de caixa em anos eleitorais e pós-eleitorais eleva a probabilidade de recondução; iii) A elevação do resultado financeiro apurado no balanço patrimonial em anos pré-eleitorais impacta positivamente nas chances de recondução; e iv) O aumento das despesas de investimentos eleva a probabilidade de recondução. Diante dos resultados, conforme o esperado, a assimetria informacional exerce uma influência significativa nos ciclos políticos, fazendo com que, para permanecer no poder, os governantes se aproveitem de uma possível falta de racionalidade do eleitor, incapaz de antever comportamentos “oportunistas”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ernesto Fernando Rodrigues Vicente, Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC

Professor do Programa de Pós-graduação em Contabilidade da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC. Doutor em Administração pela Universidade de São Paulo – USP

Leonardo Silveira do Nascimento, Secretaria do Tesouro Nacional

Analista de Finanças e Controle da Secretaria do Tesouro Nacional. Mestre em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Santa Catarina.

Downloads

Publicado

2012-04-01

Como Citar

Vicente, E. F. R., & do Nascimento, L. S. (2012). A efetividade dos ciclos políticos nos municípios brasileiros: Um enfoque contábil. Revista De Contabilidade E Organizações, 6(14), 106-126. https://doi.org/10.11606/rco.v6i14.45402

Edição

Seção

Artigos