Erário público, dever de regresso e prescrição administrativa: a indisponibilidade do interesse público vs. a segurança jurídica na ação de ressarcimento proposta pelo Estado

Autores

  • Emerson Affonso da Costa Moura Universidade Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2319-0558.v1i2p454-470

Palavras-chave:

erário, prescrição administrativa, direito de regresso, ação de regresso, interesse público.

Resumo

A prescrição nas ações de ressarcimento ao Erário propostas pelo Estado é o tema posto em debate a partir da análise do regime jurídico-administrativo, do interesse público, de sua indisponibilidade como o seu epicentro, da prescrição enquanto instituto de preservação da segurança jurídica nas relações privadas e sua função no direito público e, em específico, no direito administrativo, bem como do dever de regresso em caso de violação ao Erário e da controvérsia sobre a existência de prazo prescricional da ação proposta pelo Estado a partir da redação do artigo 37 parágrafo 5º da Constituição Federal de 1988.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Emerson Affonso da Costa Moura, Universidade Federal Fluminense

Mestrando em Direito Constitucional e Especialista em Direito da Administração Pública pela UFF.

Downloads

Publicado

2014-03-12

Como Citar

Moura, E. A. da C. (2014). Erário público, dever de regresso e prescrição administrativa: a indisponibilidade do interesse público vs. a segurança jurídica na ação de ressarcimento proposta pelo Estado. Revista Digital De Direito Administrativo, 1(2), 454-470. https://doi.org/10.11606/issn.2319-0558.v1i2p454-470

Edição

Seção

ARTIGOS CIENTÍFICOS