[1]
W. C. Souza, “A adoção do vínculo precário pelo poder público e sua pretensa ilegalidade: uma análise crítica da contratação de agentes temporários na vigência de concurso público em Caruaru-PE”, Rev. Digit. Direito Adm., vol. 5, nº 2, p. 322-345, ago. 2018.