ANÁLISE MORFOMÉTRICA E PRIORIZAÇÃO DE BACIAS HIDROGRÁFICAS COMO INSTRUMENTO DE PLANEJAMENTO AMBIENTAL INTEGRADO

Autores

  • Leonardo Silva Soares Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão http://orcid.org/0000-0003-0373-2971
  • Wilza Gomes Reis Lopes Universidade Federal do Piauí
  • Antonio Carlos Leal Castro Universidade Federal do Maranhão
  • Gisele Martins Cardoso de Araujo

DOI:

https://doi.org/10.11606/rdg.v31i0.107715

Palavras-chave:

morfometria de bacias hidrográficas, geomorfologia, modelagem, priorização.

Resumo

Este artigo tem como objetivo caracterizar e analisar a morfometria de dez sub-bacias hidrográficas (SBH) do baixo curso do rio Itapecuru, Maranhão, indicando as áreas prioritárias para implementação das ações de conservação e preservação do solo e dos recursos hídricos. Para tanto, foram calculados os parâmetros morfométricos das classes linear, zonal e hipsiométrica. Para a hierarquização e correlação de nove parâmetros morfométricos, foi utilizada a técnica denominada Weighted Sum Analysis (WSA). Foi constatado que as SBHs do Baixo Curso do rio Itapecuru são de pequena dimensão e na rede de drenagem predominam canais intermitentes e de primeira ordem. O escoamento dos canais fluviais apresenta baixa capacidade de transporte e, portanto, de erosão do canal fluvial, sugerindo que os mesmos são susceptíveis a processos de assoreamento, que são potencializados naqueles de menor ordem hierárquica de drenagem. Por outro lado, a baixa declividade das SBH pode atenuar o processo de erosão laminar de suas respectivas áreas de drenagem, uma vez que, o escoamento superficial será mais lento. Observou-se, ainda, que 83,3% da área estudada é zona de média e alta susceptibilidade ambiental, as quais devem ser priorizadas para implementação de ações de gerenciamento dos recursos naturais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leonardo Silva Soares, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão

Bacharel em Ciências Aquáticas UFMA. Mestre em Sustentabilidade de Ecossistemas UFMA. Doutorando em Desenvolvimento e Meio Ambiente UFPI. Professor de Oceanografia e Limnologia IFMA

Wilza Gomes Reis Lopes, Universidade Federal do Piauí

Possui graduação em Arquitetura pela Universidade Federal de Pernambuco (1978), Especialização em Urbanismo (1985) na Universidade Federal de Minas Gerais, Mestrado em Arquitetura, pela Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo - EESC/USP (1998) e Doutorado em Engenharia Agrícola pela Universidade Estadual de Campinas (2002), na área de concentração Construções Rurais e Ambiência, com ênfase em materiais alternativos de construção.professora associada do Curso de Arquitetura e Urbanismo, ligada ao Departamento de Construção Civil e Arquitetura, Centro de Tecnologia, da Universidade Federal do Piauí - DCCA/CT/UFPI. É coordenadora do Laboratório Urbano da Paisagem - LUPA. É orientadora e professora do Programa Regional de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente - PRODEMA/UFPI (Mestrado e Doutorado).

Antonio Carlos Leal Castro, Universidade Federal do Maranhão

Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Estadual do Maranhão(1977), especialização em Oceonografia pela Universidade de São Paulo(1984), mestrado em Ciências da Engenharia Ambiental pela Universidade de São Paulo(1991) e doutorado em Ciências da Engenharia Ambiental pela Universidade de São Paulo(1994). Atualmente é professor titular da Universidade Federal do Maranhão, Revisor de periódico da Boletim do Laboratório de Hidrobiologia, Membro de corpo editorial da Boletim do Laboratório de Hidrobiologia (UFAMA. Impresso), Membro de corpo editorial da Acta Scientiarum. Biological Sciences (Impresso), Revisor de periódico da Boletim do Museu Paraense Emilio Goeldi e da Universidade Federal de Pernambuco.

Gisele Martins Cardoso de Araujo

Possui graduação em Ciências Aquáticas com habilitação em Gestão de Recursos Hídricos pela Universidade Federal do Maranhão (2002-2007), e é especialista em Geoprocessamento Aplicado ao Planejamento Urbano e Rural (2009-2010). Mestra em Sustentabilidade de Ecossistemas pela Universidade Federal do Maranhão.

Downloads

Publicado

2016-07-24

Como Citar

Soares, L. S., Lopes, W. G. R., Castro, A. C. L., & Araujo, G. M. C. de. (2016). ANÁLISE MORFOMÉTRICA E PRIORIZAÇÃO DE BACIAS HIDROGRÁFICAS COMO INSTRUMENTO DE PLANEJAMENTO AMBIENTAL INTEGRADO. Revista Do Departamento De Geografia, 31, 82-100. https://doi.org/10.11606/rdg.v31i0.107715

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)