ASPECTOS DO CAMPO HIGROTÉRMICO E A FORMAÇÃO DA ILHA DE CALOR URBANA NO MUNICÍPIO DE SOROCABA-SP, BRASIL

Autores

  • Alindomar Lacerda Silva Instituto de Pesquisas Espaciais - INPE
  • Edelci Nunes Silva Universidade Federal de São Carlos

DOI:

https://doi.org/10.11606/rdg.v0ispe.117683

Palavras-chave:

Clima urbano, Temperatura do ar, Umidade relativa do ar, Ilha de calor

Resumo

O clima urbano vem sendo abordado por muitos pesquisadores, os quais geralmente discorrem sobre o impacto do crescimento das cidades na qualidade do ar, no campo higrotérmico e também sobre os impactos na qualidade de vida das pessoas que nela habitam. Neste sentido, estudar o clima urbano de Sorocaba, uma cidade media do interior paulista que vem crescendo muito, pode contribuir para o conhecimento climático da região face às mudanças climáticas e ambientais. O objetivo do artigo é fazer uma análise comparativa da temperatura e da umidade relativa do ar na zona rural e urbana e identificar a formação da ilha de calor urbana no município de Sorocaba-SP. Foram coletados dados de temperatura do ar e umidade relativa do ar, utilizando datalloger Hobo U10, de 1h em 1h, 24h por dia, no período de 04 de julho de 2012 a 02 de julho de 2013 em dois pontos: um no centro urbano de Sorocaba e outro no entorno rural. O comportamento anual das temperaturas do ar e umidade relativa do ar seguiu o padrão do tipo climático da região de Sorocaba. As temperaturas mínimas da área urbana são mais elevadas e umidade relativa do ar são mais baixas do que aquelas da área rural. Os resultados apontam para a existência da ilha de calor na região central da cidade; indicando que a crescente urbanização, o aumento da população e o crescimento industrial de Sorocaba já impõem uma alteração na atmosfera urbana local e que, a dinâmica, os fluxos e os ritmos urbanos influenciam a formação da ilha de calor. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alindomar Lacerda Silva, Instituto de Pesquisas Espaciais - INPE

Geógrafo, mestrando em Sensoriamento Remoto no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) 2016. Graduado em Geografia pela Universidade Federal de São Carlos_campus de Sorocaba (2015). Bolsista do Programa Ciências Sem Fronteiras na Universidade de Bloomington, IN USA(213/2104).

Edelci Nunes Silva, Universidade Federal de São Carlos

Geógrafa. Mestre e Doutora em Saúde Pública pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo. Professora Adjunta do Departamento de Geografia, Turismo e Humanidades da Universidade Federal de São Carlos_Campus Sorocaba.

Downloads

Publicado

2016-10-24

Como Citar

Silva, A. L., & Silva, E. N. (2016). ASPECTOS DO CAMPO HIGROTÉRMICO E A FORMAÇÃO DA ILHA DE CALOR URBANA NO MUNICÍPIO DE SOROCABA-SP, BRASIL. Revista Do Departamento De Geografia, (spe), 39-50. https://doi.org/10.11606/rdg.v0ispe.117683

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)