Suscetibilidade à Ocorrência de Movimentos de Massa no Maciço de Baturité - Ceará, Brasil

Autores

  • Frederico de Holanda Bastos Universidade Estadual do Ceará
  • Jean-Pierre Peulvast Paris – Sorbonne IV, Laboratoire de Géographie Physique

DOI:

https://doi.org/10.11606/rdg.v32i0.119539

Palavras-chave:

Movimentos da Massa. Maciços Úmidos do Nordeste. Planejamento Ambiental.

Resumo

Os estudos de movimentos de massa são muito importantes na compreensão da evolução geomorfológica e na identificação de áreas de risco morfodinâmico. O maciço de Baturité se apresenta como a maior serra úmida do Ceará. Sua altitude média gira em torno de 800m, podendo atingir 1.000m. Do ponto de vista geomorfológico, constata-se uma grande variedade de feições tais como relevos dissecados nas vertentes, colinas intercaladas com planícies alveolares no platô e superfícies de erosão e de deposição nos setores circunvizinhos mais baixos. A distribuição e características dos movimentos de massa variam de acordo com as propriedades de cada área. Foram identificadosmovimentos de massa somente nas áreas com declives mais significativos, que se encontram basicamente nas vertentes e no platô. De maneira geral, constatou-se a ocorrência de deslizamentos rotacionais e translacionais associados com fluxos de lama e quedas de blocos. Tendo em vista a necessidade de elaborar mapeamentos voltados para a identificação de áreas de suscetibilidade morfodinâmica, foram estabelecidos critérios metodológicos envolvendo os agentes desencadeadores através de técnicas de álgebra de mapas. Foram identificadas áreas com alta suscetibilidade, nas vertentes ocidental, meridional e parte da oriental, áreas com suscetibilidade média nos demais setores elevados do maciço, e baixa suscetibilidade nas áreas circunvizinhas. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Frederico de Holanda Bastos, Universidade Estadual do Ceará

Possui Doutorado em Geografia (2012) e Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente (2005) pela Universidade Federal do Ceará, Especialização em Geoprocessamento Aplicado à Análise Ambiental e Recursos Hídricos (2005) e Bacharelado e Licenciatura em Geografia pela Universidade Estadual do Ceará (2000 e 2002). Atualmente é professor adjunto da Universidade Estadual do Ceará (UECE/CE). Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Geografia Física, atuando principalmente nos seguintes temas: análise geoambiental, geomorfologia, geografia física, planejamento e zoneamento ambiental, geoprocessamento e maciços cristalinos do Nordeste.

Downloads

Publicado

2016-12-27

Como Citar

Holanda Bastos, F. de, & Peulvast, J.-P. (2016). Suscetibilidade à Ocorrência de Movimentos de Massa no Maciço de Baturité - Ceará, Brasil. Revista Do Departamento De Geografia, 32, 124-142. https://doi.org/10.11606/rdg.v32i0.119539

Edição

Seção

Artigos